Justiça Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, 09:16 - A | A

Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, 09h:16 - A | A

ESTAVA ALTERADO

Juiz mantém prisão de filho suspeito de matar enfermeira a facadas em VG

Informações da Polícia Civil dão conta de que a mulher foi assassinada pelo filho ao discutir com ele sobre o uso de entorpecentes 

AMANDA DIVINA
Da redação

Reprodução

image

O juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher de Várzea Grande, manteve a prisão de Vitor Hugo da Silva, de 18 anos, acusado de ter assassinado a mãe dele, a enfermeira Fabiana Maria Amaro da Silva, de 39 anos. 

Reprodução

fabiana

 

Fabiana foi morta com várias facadas no bairro Parque Paiaguás, em Várzea Grande, na madrugada de segunda-feira (1º). Vitor foi preso ainda na residência.

Informações da Polícia Civil dão conta de que ela foi assassinada pelo filho ao discutir com ele sobre o uso de entorpecentes. 

Foi apurado ainda que mãe e filho já haviam tido desentendimentos anteriores, e que Fabiana chegou a registrar um boletim de ocorrência contra o filho por ter furtado sua carteira. Ele também havia abandonado o emprego.

LEIA MAIS: Enfermeira foi morta a facadas ao questionar filho de 18 anos sobre uso de drogas

VERSÃO DO FILHO

De acordo com o depoimento do rapaz, ele estava tomando cerveja na calçada em frente à sua casa com vizinhos e, quando todos foram dormir, ele resolveu dar uma volta no quarteirão. Em certo momento, ele teria visto uma pessoa, que teria arrombado a porta da residência e assassinado Fabiana.

Entretanto, o delegado Hércules afirmou que a versão apresentada por ele não se sustenta, uma vez que não havia sinais de arrombamento na porta dos fundos, constituindo apenas uma alegação para tentar se eximir do crime praticado.

No dia do crime, Vitor foi encontrado bastante alterado. Ao ser colocado na viatura da Polícia Militar, ele chutava o veículo e proferia várias palavras de baixo calão contra os policiais militares. 

O suspeito foi detido logo após os fatos e autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio, desacato e condução de veículo sob efeito de álcool ou outra substância psicoativa.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros