Artigos Quinta-feira, 14 de Julho de 2011, 23:59 - A | A

Quinta-feira, 14 de Julho de 2011, 23h:59 - A | A

Homem honrado

Ao bom entendedor, é clara a pretensão do senhor Eder Moraes com essa postura: ele quer manter uma cortina de fumaça sobre a escolha do sistema VLT para a Copa de 2014. Júlio Pinheiro buscou o diálogo, quis participar das discussões sobre o tema

MAURO CID

 

 

O senhor Eder Moraes, que começou a aparecer na mídia mato-grossense quando ocupou o MT Fomento, teve rápidas passagens pelas secretarias de Fazenda e Casa Civil, e hoje ocupa a presidência da Agecopa, certamente é um gestor de muitos acertos. Caso contrário não teria o apoio do governo do Estado, nem continuaria por tanto tempo à luz dos holofotes.

Ou será exatamente isso que o seu chefe quer? Às vezes o governante de plantão se vale deste artifício para não passar por constrangimentos; tem quem passe por isso em seu lugar. Alguém que se sujeita ao papel de defender o indefensável pode muito bem ser usado em situações incômodas, sem que a imagem do ocupante do poder seja arranhada.

Essa pode ser a situação na qual se enquadra o senhor Éder Moraes quando assume a postura de crítico do prefeito em exercício Júlio Pinheiro. Senão vejamos: em um curto período na administração interina da cidade mais importante de Mato Grosso, Pinheiro agiu do modo como anunciou que faria no dia da posse: entrou em ação, em tempo reduzido, mas não tão curto que o impedisse de tomar medidas de importância para a cidade e para o povo que aqui vive.

Após 14 dias no cargo, Julio negociou a conclusão do PCCS, montou uma força-tarefa para acelerar processos de aposentadorias parados; enviou projeto à Câmara de reestruturação da secretaria de Planejamento; promoveu reformulações em projeto que ampliará de 300 para 700 o número de trabalhadores beneficiados; desapropriou o Estádio Presidente Dutra (Dutrinha); além de ter determinado a construção de 15 quebra-molas em pontos críticos da cidade. Enfim, conseguiu acelerar ações e destravar projetos que estavam emperrados.

Eder Moraes, contudo, ficou de olhos tapados durante esses dias para não enxergar a performance de Júlio Pinheiro na prefeitura de Cuiabá, preferindo tecer-lhe críticas infundadas sobre assuntos que não passam de balões de ensaio, sem qualquer consistência.

Ao bom entendedor, é clara a pretensão do senhor Eder Moraes com essa postura: ele quer manter uma cortina de fumaça sobre a escolha do sistema VLT para a Copa de 2014. Júlio Pinheiro buscou o diálogo, quis participar das discussões sobre o tema, em função de ter conquistado um mandato nas urnas para defender o povo cuiabano, mas não foi compreendido. Pelo contrário, sempre que se refere ao assunto recebe novas críticas pelo pecado de querer defender o povo que representa.

Júlio Pinheiro apenas exige que aos vereadores cuiabanos seja facultado o direito de participar das discussões em torno de tema tão importante para a cidade, como é a escolha do transporte coletivo que continuará funcionando inclusive depois da Copa de 2014. Esse é um direito inalienável do representante do povo, recebido nas urnas, através do sufrágio universal.

Éder Moraes é um homem honrado que às vezes toma decisões acertadas, mas muitas vezes se engana. Do gestor público, a população espera o bom senso de reconhecer seus erros quando confrontado por opiniões contrárias. Este é o momento apropriado para o senhor Éder Moraes agir com sabedoria, admitir que errou e reconhecer que o prefeito Júlio Pinheiro está fazendo o melhor que pode na prefeitura de Cuiabá e na Câmara Municipal.

(*) MAURO CID NUNES DA CUNHA é secretário Municipal de Comunicação de Cuiabá.

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do site de notícias www.hnt.com.br

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

LEONISIO LEMOS 16/07/2011

SR. MAURO CID, PASSE NO CAIXA DA AGECOPA PARA PEGAR O SEU JABÁ. QUANTA HIPOCRISIA. ÀS VEZES PERDE-SE UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE FICAR CALADO. O ARTIGO NÃO RETRATA OS COMENTÁRIOS DO MEIO POLITICO, QUE COLOCAM CLARAMENTE EM DÚVIDA A HONRADEZ E HONESTIDADE DESTE CIDADÃO.

mariana 15/07/2011

Homem honrado? Mme poupem!! E eu achando que esse site era sério.

2 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros