Mundo Sábado, 17 de Setembro de 2011, 07:52 - A | A

Sábado, 17 de Setembro de 2011, 07h:52 - A | A

TRAGÉDIA

Acidente durante show aéreo mata 3 e fere mais de 50 nos EUA

Piloto de acrobacia perdeu o controle do avião e caiu direto sobre o solo

PORTAL R7

IMAGEM DA INTERNET

As primeiras informações davam conta de que o avião teria caído sobre a plateia, mas o choque foi contra o solo
Um espetáculo de acrobacias acabou em tragédia nesta sexta-feira (16) nos EUA. Durante o Campeonato Nacional de Corridas Aéreas, acompanhado por cerca de 7.500 pessoas, um dos pilotos perdeu o controle da aeronave ao fazer uma manobra e caiu direto no chão, causando uma cena de horror e caos entre o público da pequena cidade de Reno, em Nevada.

As primeiras informações davam conta de que o avião teria caído sobre a plateia, mas o choque foi contra o solo, próximo a uma das arquibancadas. O Campeonato Nacional de Corridas Aéreas atrai milhares de pessoas todos os anos para as disputas entre aeronaves civis e militares.

De acordo com informações de sites locais, assim como das redes de TV CNN e CBS, testemunhas disseram ter percebido que o piloto perdeu o controle, mas que, ainda assim, conseguiu lançar o avião o mais distante possível da plateia, evitando um número maior de mortes.

Testemunhas ouvidas pela rede de TV CNN chegaram a considerar o ato do piloto como heroico. O avião pareceu desintegrar-se após o impacto, gerando um enorme bola de fogo.

Até agora, além do piloto, foram registradas outras duas mortes. Mais de 50 pessoas foram retiradas do local com ferimentos. Das hospitalizadas, 15 estavam em estado grave e corriam risco de morte.

Segundo as autoridades locais, não é possível determinar o número exato de feridos porque muitas pessoas levaram as vítimas aos hospitais em carros particulares.

EXPERIÊNCIA

O piloto Jimmy Leeward, de 74 anos, era conhecido, muito experiente, acostumado a fazer acrobacias e já havia participado de inúmeras filmagens como dublê. De acordo com representantes do evento, Leeward estava com os exames médicos em dia e apto a voar.

A causa do acidente com o P-51 Mustang, um avião da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), ainda não foi esclarecida. Autoridades locais anunciaram a abertura de uma investigação para entender o que houve, já que o avião não apresentava indicações de problemas mecânicos.

Segundo a CNN, um dia antes do acidente, Leeward deu uma entrevista para a TV Airshow dizendo estar muito confiante em sua apresentação, afirmando que sua equipe faria ainda melhor nos próximos dias.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros