Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Política Quarta-feira, 06 de Abril de 2016, 14:07 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 06 de Abril de 2016, 14h:07 - A | A

REFORMA PREVIDENCIÁRIA

Presidente do TCE é eleito vice-presidente do Conselho de Previdência

REDAÇÃO

O governador Pedro Taques presidiu, nesta terça-feira (5), a terceira reunião do Conselho de Previdência de Mato Grosso. O Conselho reúne todos os órgãos constituídos do Estado em busca de estudos e soluções para uma reforma previdenciária do serviço público nos três poderes: executivo, legislativo e judiciário.

 

GCom-MT

Pedro Taques

 

Durante a sessão, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antonio Joaquim, foi eleito o vice-presidente do Conselho de Previdência. Os outros membros titulares do Conselho são: Paulo Cunha, do Tribunal de Justiça, Guilherme Maluf, da Assembleia Legislativa, Paulo Prado, do Ministério Público e Djalma Sabo Mendes, da Defensoria Pública.

 

Antonio Joaquim afirmou que contará com o apoio do conselheiro do TCE, Valter Albano, seu suplente no Conselho de Previdência, para contribuir no processo de reforma previdenciária. “O doutor Valter Albano estudou e trabalhou no projeto que criou o MT Prev, que atualmente gere as aposentadorias em Mato Grosso. É nos unindo com os demais poderes que encontraremos as melhores alternativas”, afirmou.

 

Segundo ele, devido ao alto déficit da previdência em todo o país, o Conselho é essencial para o futuro dos funcionários públicos. “Estamos tratando do futuro de centenas de milhares de pessoas. Os servidores públicos, seus dependentes e pensionistas serão os beneficiados com nossas atitudes de hoje. Nós, como pessoas públicas e líderes desse poderes, precisamos encarar o problema de forma definitiva. Precisamos equilibrar o déficit que existe e garantir um futuro tranquilo”, disse.

 

Durante a reunião desta terça-feira, também foram empossados os cinco membros do Comitê de Investimento e aprovado o Regimento Interno do Conselho. Também foi formado o grupo de trabalho que discutirá o Regimento Interno e reestruturação do MT Prev, autarquia do Governo Estadual que será responsável pela execução das ações definidas pelo Conselho de Previdência.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros