Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020, 08h:00

Tamanho do texto A - A+

Mendes cita desburocratização em sistema com reforma tributária

Por: WELLYNGTON SOUZA

Diante das discussões com a Lei Complementar 53/2019 do governo estadual, que trata da reinstituição dos incentivos fiscais, o governador Mauro Mendes (DEM) voltou a afirmar que Mato Grosso neste ano terá uma grande agenda na simplificação e na desburocratização do sistema.

Assessoria

MAURO MENDES

 

“O estado brasileiro como um todo, nossos entes públicos eles têm uma carga burocrática construída ao longo de séculos no nosso país, modelo que foi trazido para cá, muito cartorial, muitos tramites e processos e isso não traz segurança jurídica. Isso inferniza a vida do cidadão e das empresas”, disse à imprensa durante evento do LIDE-MT, realizado na última semana.

De acordo com Mendes, neste ano, uma das principais ações do governo é mudar processos e rotinas afim de criar um estado mais leve, mais ágil, que custe menos e que possa também melhores mecanismos para empreendedorismo e atividade privada.

“Nós não somos um governo de nós para nós mesmos. O Estado não pode ser endógeno, produzir energia para si mesmo. Nós temos que produzir resultado para sociedade e nós temos que ouvir, mas entender que o Estado é para prestar serviços a todos os cidadãos. Nós não podemos olhar apenas para o setor empresarial nós temos que olhar para toda sociedade e saber que temos de promover o equilíbrio e igualdade”, ressalta.

Leia mais

Reforma tributária começa a valer na próxima quarta-feira; setores alertam consumidores sobre aumento

"É mentira dizer que vai ter um aumento de 30% por conta da revisão dos incentivos fiscais", diz governo

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei