Política Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011, 16:43 - A | A

Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011, 16h:43 - A | A

DEMOROU...

DEM alega que não vai pedir mais cargos e decide ser “independente”

Em reunião na manhã desta segunda-feira, partido resolve sair da sombra de Silval e cúpula alega que só foi para o staff para atender um pedido de Gilmar Fabris; Zé Fraga, que era democrata, continua no governo mas filiado ao PSD

PAULO COELHO

Mayke Toscano/Hipernotícias

Ao saber de encontro de democratas na manhã de hoje, Silval soltou a frase: "Boa reunião pra eles"

“Não vamos pleitear mais nada no governo, a partir de hoje adotaremos postura independente.” Esse foi o encaminhamento tomado pela cúpula do Democratas, na reunião da sigla realizada no fim da manhã desta quarta-feira (17) em Cuiabá, conforme adiantou o HiperNotícias no último sábado (15).

O partido perdeu a única secretaria que tinha no governo Silval Barbosa (PMDB) após o deputado estadual licenciado José Domingos Fraga ter trocado o DEM pelo PSD. Domingos comanda a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf).

“Não temos mais qualquer amarração com o governo, decidimos não ter mais amarrações e seremos independentes a partir de hoje”, disse o presidente regional do DEM, Dilceu Dal Bosco, negando que o DEM fará oposição à gestão peemedebista.

O dirigente democrata admitiu que esse foi o caminho mais sensato a ser escolhido devido ao fato de o Democratas ter sido adversário direto de Silval nas eleições de 2010.

O próprio Dilceu disputou o governo do Estado como candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB). Ficaram em terceiro lugar na disputa.

Nesta segunda-feira, ao ser informado que o DEM estaria ainda pela manhã reunido em seu diretório para tratar desse assunto, o governador se expressou com frieza. “Boa reunião pra eles”, ironizou.

Dal Bosco mais uma vez apontou que o DEM só compôs o staff da gestão estadual para resolver um pleito interno envolvendo o suplente de deputado estadual Gilmar Fabris.

“Esse cargo (Sedraf) não era do DEM e sim foi fruto de um entendimento para resolver um pedido do Gilmar Fabris num consenso com o Zé Domingos, mas hoje nós não temos direito de cobrar nada”, emendou.

Para o senador Jayme Campos, maior liderança do DEM de Mato Grosso, sua legenda não precisa de cargos no governo para desenvolver um bom trabalho.

Já Dilmar Dal Bosco, irmão de Dilceu e único deputado democrata na Assembleia, adiantou que o mais coerente é, de fato, ser independente na apreciação de matérias do governo.

O parlamentar já tem sido crítico de ações pontuais do chefe do Executivo, como a política de incentivos tributários; qualidade nos serviços de transporte coletivo intermunicipal e gestão ambiental. Dilmar Dal Bosco é relator, por exemplo, da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Pequenas Centrais Hidrelétricas.

Assim, dissidente da base de sustentação governista, o DEM tenta, se fortalecer como opção partidária para 2012, no Estado.

Em Sinop (550 quilômetros ao norte de Cuiabá), base eleitoral dos irmãos Dal Bosco, a notícia de rompimento com a base de sustentação do governo deixou muito gente aliviada, já que muitos defendiam essa postura anteriormente.

“O que for bom para Mato Grosso nós vamos votar e trabalhar a favor, o que não for não vamos votar contra”, garantiu o presidente do DEM.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

luiz silva 18/10/2011

Sr. Lourenço, só pra seu conhecimento a legislação permite a troca para um partido novo, no caso o PSD. Antes de comentar verifique as informações corretas. Pelo visto o sr é um ze ruela, não entende nada de politica. Vai estudar o cara

Lourenço cassiano da silva 17/10/2011

Interessante esse acordo dos irmãos Dal Bosco pra não pedirem o mandato do Zé Saindo. Tem rolo. Superfaturamento na SEDRAF.

2 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros