Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Polícia Segunda-feira, 29 de Agosto de 2022, 20:45 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 29 de Agosto de 2022, 20h:45 - A | A

DONA DE DISTRIBUIDORA

Mulher é presa sob suspeita de ter contratado faccionados para matar homem em Rondonópolis

A prisão foi decretada nos autos do inquérito policial instaurado na Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) para apurar a morte da vítima Hélio Fonseca da Silva

Da Redação

Uma mulher identificada como mandante de um homicídio ocorrido em 2020 em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil nesta segunda-feira (29). De acordo com as investigações, o assassinato foi executado por integrantes de uma facção criminosa.

A prisão preventiva contra a suspeita, de 56 anos, foi decretada nos autos do inquérito policial instaurado na Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) para apurar a morte da vítima Hélio Fonseca da Silva, morto a tiros no dia 31 de julho de 2020.

O crime ocorreu em frente a uma conveniência de propriedade da suspeita. Na ocasião, a vítima estava do lado de fora do estabelecimento quando um veículo Sandero passou e efetuou os disparos. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da DHPP de Rondonópolis iniciou as investigações, que apontaram que a mulher encomendou o crime com membros de uma facção criminosa, que tinham a proposta de solucionar possíveis conflitos e desavenças no comércio da investigada.

Diante dos fatos apurados, a Polícia Civil representou pelos mandados de prisão preventiva e de busca apreensão domiciliar contra a suspeita, que foram deferidos pela Justiça e cumpridos nesta segunda-feira (29) pelos policiais da especializada.

A suspeita foi conduzida à delegacia e, após as providências de praxe, será encaminhada a Cadeia Pública Local, onde será colocada à disposição do Poder Judiciário.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros