Política Segunda-feira, 23 de Maio de 2011, 10:39 - A | A

Segunda-feira, 23 de Maio de 2011, 10h:39 - A | A

ESTRATÉGIA

Sindicatos da saúde suspendem indicativo de greve e procuram lideranças políticas

Após a ameaça de entrar em greve, representantes da Saúde são ouvidos por gestores do Governo

ALIANA F. CAMARGO
aliana@hipernoticias.com.br

Mayke Toscano/Hipernotícias
Sinpen e Sindimed sentam nos próximos dias com várias lideranças políticas para sugerir mudanças na saúde.

Representantes da saúde decidiram nesta segunda (23) suspender momentaneamente o indicativo de greve dos profissionais que trabalham na rede pública de saúde por causa do canal aberto com o secretário da Casa Civil José Lacerda, escalado pelo próprio governador Silval Barbosa (PMDB) para conversar com o Sindimed (Sindicato dos Médicos) e Sinpen (Sindicato dos Profissionais de Enfermagem). 

Em meio as turbulências cabe agora ao secretário José Lacerda a responsabilidade em abrir diálogo com as categorias e ampliar o debate horizontal para estabelecer políticas para a saúde do Estado de Mato Grosso, que vive situação precária.

A Secretaria de Comunicação do Estado (Secom) divulgou na sexta-feira a posição do governador Silval Barbosa sobre a possível greve no setor da saúde dizendo: “os profissionais da área de saúde estão dando uma semana ou entram em greve. Eu, em nenhum momento falei que uma transição como essa leva menos que 60 dias. Se for o caso de nós assumirmos de fato esses hospitais, vamos voltar a sentar com os prefeitos novamente e conversar. Não quero causar transtorno e, sim, ajudar. Se o entendimento dos profissionais for de que o prefeito não entregue e forçar a greve aí o problema pode ser muito maior”.

Com o diálogo aproximado com o Governo, o Sinpen e Sindimed começaram reunião nesta segunda (23) às 10h para sugerir alguns itens que devem ser melhorados na saúde e que serão apresentados ao secretário José Lacerda ainda nesta segunda. A prioridade, segundo Dejamir Soares, presidente do Sinpen, será a construção de um hospital regional com grande capacidade de leitos para atender a população.

Na busca pelo diálogo em todas as esferas políticas o Sindimed e o Sinpen também sentarão com o presidente da Assembleia Legislativa José Riva (PP) nesta terça-feira (24) na parte da manhã. Na quarta ou quinta desta semana serão atendidos pelo Governador Silval Barbosa. O deputado Valtenir Pereira (PSB), que apoia as categorias, prometeu  fazer a interlocução entre o Planalto Central e os representantes da saúde, que buscam uma audiência com a presidente Dilma Roussef e o ministro da Saúde Alexandre Padilha.

Além da audiência, os Sindicatos estão programando uma marcha pela saúde, ideia do próprio secretário da Casa Civil, rumo a Brasília. O objetivo é chamar a atenção para que o setor esteja na pauta das prioridades para a Copa do Mundo. “Entendemos que o caos que se encontra a saúde, a União não deve ficar de fora, já que detêm os recursos para mudar essa situação”, disse Dejamir Soares.

Os secretários de Saúde Antônio Pires (Cuiabá) e Pedro Henry (Estado) estão fora das reuniões com os representantes. Uma das alegações dada pelo Sinpen para tomar essa atitude, é que Pedro Henry (PP) já estaria com a relação estremecida com a categoria dos médicos de Mato Grosso.

Na análise dos Sindicatos o Governo do Estado está dando muita prioridade para a Copa do Mundo de 2014, que será um evento passageiro e deixando o setor da saúde de lado.

OUTRO LADO

O secretário José Lacerda foi procurado para saber como será o diálogo com os representantes da saúde. Porém, a assessoria informou que Lacerda está, na manhã desta segunda (23), em reunião sistêmica com o secretário da Secretaria de Fazenda, Edmilson dos Santos, e com a Auditoria Geral do Estado. A reunião é para fazer um balanço do orçamento do Estado.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros