Política Quarta-feira, 13 de Abril de 2011, 22:00 - A | A

Quarta-feira, 13 de Abril de 2011, 22h:00 - A | A

REINÍCIO

PSDB começa por Rondonópolis projeto de se reerguer em MT

Município é emblemático por ter se tornado reduto do ex-governador Blairo Maggi

O PSDB já se articula para voltar aos velhos tempos da militância. E começa por Rondonópolis, cidade distante a 210 km de Cuiabá, que é emblemática por ter se tornado

Primeira Hora
Ex-governador de Mato Grosso defende candidaturas próprias em 2012 nos 20 maiories municípios
reduto do ex-governador e atual senador Blairo Maggi (PR). Há pelo menos 2 eleições municipais os tucanos não lançam candidatos à Prefeitura do Município.“Quem não é visto não é lembrado”, avalia o membro da Executiva Regional, o ex-governador de Mato Grosso, Rogério Salles, que já foi vice-prefeito daquela cidade.

 

 Na avaliação de Sales, a estratégia adotada pelos tucanos vem sendo praticada de forma equivocada e precisa ser revista, não somente em Rondonópolis, mas em todo Estado.  Militante da política estudantil de resistência ao regime autoritário, Salles fez parte do antigo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), e depois no PMDB.

Na eleição de 2008, o partido apoiou o candidato do PMDB, José Carlos do Pátio, que venceu o pleito, mas amarga rejeição no município.

Salles afirma que o partido é grande no Brasil e em Mato Grosso comporta-se de forma pequena. “Uma sigla desse porte não pode se der ao luxo de não ter candidato nos principais municípios (do Estado).

Salles diz que esse comportamento dos tucanos pode ter levado o partido à derrota nas eleições de 2010. “Para 2012 é necessário termos ao menos candidatos as 20 maiores prefeituras de Mato Grosso”, analisa.

Para o ex-prefeito de Sinop, Nilson Leitão, o caminho para o PSDB retomar o “trilho” é árdua, mas não significa ser impossível. “Matamos um leão por dia”, disse ele se referindo às dificuldades do partido em ser oposição em Mato Grosso. “Somos oposição definida”, completou.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros