Política Quinta-feira, 19 de Maio de 2011, 19:42 - A | A

Quinta-feira, 19 de Maio de 2011, 19h:42 - A | A

ESTRANHO NO NINHO

Presidente da Câmara diz que gestão de Galindo é 60% tucana

Júlio Pinheiro quer administração do prefeito com a cara do Partido Trabalhador Brasileiro

Arquivo
Prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, náo agrada a população de Cuiabá e também é criticado por aliados

A Prefeitura de Cuiabá “tem que ter cara de PTB e não a que tem hoje”. A opinião é do vereador petebista, Júlio Pinheiro, atual presidente da Câmara Municipal, para quem o prefeito Chico Galindo ainda está longe de imprimir a identidade própria na atual gestão.

“Hoje 60% dos servidores da prefeitura ainda são do Wilson Santos e é por isso que essa prefeitura ainda não vai mudo bem”, declarou Pinheiro, ao enfatizar que Galindo precisa “melhorar melhorar a gestão e tirar essa cara do PSDB”.

Júlio Pinheiro não é o primeiro aliado a criticar o atual modelo de gestão de Galindo . O deputado estadual, Luiz Marinho, também do PTB, já pediu legitimidade ao chefe do Executivo cuiabano, condicionando o êxito da atual administração à redução da influência tucana e ao aumento da participação do PTB na gestão que mais de um ano é petebista.

“Eu continuo dizendo, o prefeito tem que dar identidade própria a ao governo dele porque se não, não há como desenvolver o o que ele quer fazer”, alegou Marinho.

Essas opiniões têm fundamentação em dois pilares: o flagrante grau de descontentamento da população cuiabana, em relação aos serviços básicos como saúde, infraestrutura e coleta de lixo na administração petebista e, também pela aproximação do ano eleitoral, uma vez que os tucanos ensaiam candidatura própria do médico e deputado Guilherme Maluf ao Alencastro.

“O PSDB está há 16 anos no poder, mamou tudo que tinha de mamar e agora porque está há um ano das eleições quer romper e o prefeito fica quieto?”, indagou Júlio Pinheiro, opinando que até abril próximo no máximo, o PSDB deve romper com a gestão Galindo.

Nesse sentido o PTB é frágil ao tratar de eleições 2012, já que o prefeito não se sente respaldado para, hoje, assumir candidatura à reeleição e por isso tem negado com veemência que participa da disputa em outubro do ano que vem.

“Mas essa é a opinião dele, o que significa a opinião de todo o partido e se ele conseguir dar resposta aos anseios da população, ele se torna candidato natural”, advertiu Pinheiro.

O PTB atualmente é presidido no Estado pelo prefeito e Júlio Pinheiro sequer integra o diretório estadual. “Acho um absurdo nenhum dos vereadores do PTB de Cuiabá integrar o diretório, mas mesmo assim torço para que ele faça um bom trabalho nesse resto de mandato”, completou o presidente do legislativo da Capital.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros