Sábado, 30 de Novembro de 2019, 16h:34

Tamanho do texto A - A+

Morre aos 103 anos o ex- presidente da Câmara de Diamantino

Por: REDAÇÃO

Morreu nesta sexta-feira (29), aos 103 anos, um dos pioneiros e também o segundo presidente da Câmara Municipal de Diamantino, ex-vereador Auther Moreira Vasconcellos. Seo Vasconcellos como era conhecido pelos diamantinenses, é capixaba. Nasceu em Afonso Cláudio, no Espírito Santo. Ele deixa filhos, netos, bisnetos e tataranetos.

Divulgação

Auther Moreira Vasconcellos

Ex-vereador Auther Moreira Vasconcellos

O ex-vereador sofreu uma queda em abril deste ano e fraturou o fêmur o que agravou o seu estado de saúde já delicado em decorrência da idade bastante avançada. Mesmo com suas limitações físicas, Vasconcellos sempre foi admirado pelos amigos por possuir o que consideravam “memória de elefante” ou boa memória. Era perito em gravar nomes, contar detalhes minuciosos de sua vida, além de conseguir guardar em sua memória tantos nomes e fisionomias. 

Vanconcellos serviu o Exército Brasileiro, foi cabo enfermeiro das Forças Armadas e um dos braços direito do ex-senador e líder político Filinto Muller. Vasconcellos chegou em Mato Grosso em 1.940, enviado pelo exército. No estado, ele construiu família casando-se com Almira Pereira dos Santos (in memorian) com quem teve 13 filhos, além de criar quase o dobro, por um coração tomado pelo amor ao próximo. Seu lema era “Família o bem maior”.

Auther Vasconcellos, após deixar o exército passou criar os filhos com o sustento que vinha da lavoura. Seu amor e dedicação pelo campo, fez com que presidisse por três anos o Sindicato Rural de Diamantino, participando das ações quase 30.

Seo Vasconcellos também fez parte do Corpo de Jurados de Diamantino e foi um dos fundadores da CooperVale, extinta COAMD (Cooperativa Mixta Agrícola).

Avalie esta matéria: Gostei +8 | Não gostei