Sexta-Feira, 16 de Outubro de 2020, 19h:53

Tamanho do texto A - A+

Mauro Mendes diz que ação do MP foi "louvável" e descarta "dois pesos e duas medidas"

Por: REDAÇÃO

O governador Mauro Mendes (DEM) negou que o Ministério Público Estadual (MPMT) estaria agindo com 'dois pesos e duas medidas' ao se desculpar com o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo e não estender o pedido ao secretário de Saúde municipal, Luiz Antônio Possas de Carvalho, investigado por sobrepreço na compra de Ivermectina. 

Divulgação

WhatsApp Image 2020-10-08 at 12.04.03.jpeg

 

"O nosso caso foi realmente um equívoco realmente cometido pelo Ministério Público, as informações estavam lá. O que o Ministério Público fez foi, de maneira muito louvável, reconhecer esse erro e pedir desculpas. Não houve dois pesos e duas medidas", comentou Mendes. 

Na última quinta-feira (15), o promotor de Justiça Célio Fúrio, do MPMT, reconheceu ter se equivocado em razão da abertura de um inquérito que apurava supostas irregularidades na compra de respiradores pela Secretaria de Estado de Saúde.

"O que levou à abertura do inquérito foi o promotor Célio Fúrio achar que a secretaria estava escondendo informações, o que não aconteceu. Agora olha o preço da Ivermectina, olha o preço que o município pagou", disse Mendes, que acredita que não houve erro no inquérito do MP que investiga irregularidades na prefeitura de Cuiabá. 

Operação Overpriced

Luiz Antônio Possas de Carvalho foi afastado após ser alvo de Operação Overpriced, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate a Corrupção (Deccor) e pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), no último dia 1º de outubro.

De acordo com as investigações, o item Ivermectina 6MG-Comprimido com preço unitário de R$ 11,90. A própria Secretaria Municipal de Saúde já havia adquirido, no mesmo período, o medicamento por valor muito inferior (R$ 2,59), totalizando uma diferença de R$ 9,31, por unidade do produto, sendo detectado o sobrepreço superior a casa dos 400%

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1