Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 09h:20

Tamanho do texto A - A+

Após pronunciamento, deputada chama Bolsonaro de insano e irresponsável

Por: WELLYNGTON SOUZA

A deputada federal Rosa Neide (PT), por Mato Grosso, chamou o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) de insano e irresponsável, após anunciar que é preciso reaver as medidas de prevenção à pandemia do Covid-19, coronavírus, no país. Pelo Twitter, a parlamentar ainda pediu para que o ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro interdite o presidente. 

Marcos Lopes/HiperNotícias

Rosa Neide/educação

 

“Ministro Moro, vamos lá, feche a boca de quem desrespeita as orientações das autoridades! Interdite o dito presidente! Estamos à deriva! Em quem a população vai acreditar, nos especialistas ou no presidente?”, escreveu em uma das publicações na noite desta terça-feira (24). 

Em outra postagem, a deputada comentou que é preciso tomar uma providência. “Bolsonaro está acima de Deus, é atleta, não adoece. É preciso uma tomada de providências, o presidente é insano! Não há panelas que resolva! O presidente precisa ser interditado!", completou. 

Rosa Neide ainda fez uma defesa ao Sistema Único de Saúde (SUS) que está sobrecarregado diante dos casos de Covid-19 e completou dizendo que a fala do presidente foi irresponsável, pois ele não teria noção da gravidade da pandemia no país.

“Afirmo e reafirmo a defesa do SUS para refutar o pronunciamento irresponsável do presidente Bolsonaro. Despreparado, descolado da realidade, ele não tem noção da gravidade da pandemia que chega e se espalha pelo Brasil”.

Pronunciamento de Bolsonaro

Na noite desta terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro, em pronunciamento, pediu a reabertura do comércio e das escolas e o fim do confinamento em massa. As medidas têm sido utilizadas no combate ao novo coronavírus, que já deixou 46 mortos no país. Diversos estados decretaram situação de emergência e de calamidade pública afim de combater a propagação do vírus. 

“Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada, a proibição de transportes, o fechamento de comércio e o confinamento em massa. O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o das pessoas acima de 60 anos. Então, por que fechar escolas?”, questionou Bolsonaro.

De acordo com o presidente, são raros os casos de vítimas fatais entre pessoas com menos de 40 anos. "Raros são os casos fatais de pessoas sãs com menos de 40 anos de idade. Noventa por cento de nós não teremos qualquer manifestação caso se contamine. Devemos sim é ter extrema preocupação em não transmitir o vírus para os outros, em especial aos nossos queridos pais e avós", ressaltou. 

Bolsononaro ainda afirmou que o Covid-19 é uma 'gripezinha' ou 'resfriadinho'. "No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus, não precisaria me preocupar, nada sentiria ou seria, quando muito, acometido de uma gripezinha ou resfriadinho", ressaltou. 

Credito:
Credito:
Credito:
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas