Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Polícia Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 10:42 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 14 de Junho de 2024, 10h:42 - A | A

RESPONDE POR VÁRIOS CRIMES

Fugitivo capturado na Rocinha é suspeito de participar da execução filmada em Pontes e Lacerda

Informação foi repassada pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira; não há detalhes sobre como se deu a participação do fugitivo

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

Guilherme de Jesus Oliveira, de 27 anos, que fugiu do Complexo Penitenciário Ahmenon Lemos, em Várzea Grande, e foi recapturado no Morro da Rocinha, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (13), é suspeito de participar da execução brutal de Guilherme Ferreira Cooper Nunes, de 18 anos, ocorrida em Pontes e Lacerda (444 km de Cuiabá), no início deste mês. A barbárie foi filmada e circulou nas redes sociais até chegar na família do jovem, que reconheceu a vítima. 

LEIA MAIS: Presidiário que fugiu do Ahmenon é capturado no Morro da Rocinha

A informação foi repassada pela Polícia Civil na manhã desta sexta-feira. No entanto, não há detalhes sobre como se deu a participação do fugitivo. 

Na segunda-feira, um adolescente infrator identificado como Kauã Vinícius Ferreira, de 17 anos, conhecido como ‘Pinóquio’, também foi identificado como partícipe no crime brutal. Ele morreu em confronto com policiais militares em Tangará da Serra (240 km de Cuiabá), na noite de segunda.

Além de participar do assassinato do jovem, Guilherme de Jesus responde por cinco processos penais em Cuiabá, Juína e Juara (746 e 655 km da Capital, respectivamente), por crimes como ameaça, furto qualificado, homicídio qualificado e tortura. 

EXECUÇÃO DE GUILHERME COOPER NUNES

O jovem Guilherme Ferreira Cooper Nunes foi executado a tiros por membros do Comando Vermelho em Pontes e Lacerda. O corpo foi encontrado às margens da ‘Estrada do Nativo’, na zona rural do município, na tarde do último dia 5.

Segundo o boletim de ocorrência, um vídeo do assassinato de Guilherme começou a circular nos aplicativos de conversa da cidade. O rapaz foi reconhecido por familiares, que começaram a procurá-lo. Ele foi encontrado por volta das 15h, na zona rural de Pontes e Lacerda, nas proximidades da rodovia estadual MT-352.

Nas imagens, é possível ver a vítima ajoelhada, com as mãos amarradas e lendo um roteiro preparado pelo CV. No texto, Guilherme diz que sua execução será um ‘exemplo’ e sirva de 'alerta' para os outros soldados da facção criminosa não vendam drogas sem autorização do grupo e não se envolvam com o Primeiro Comando Capital (PCC), que são seus rivais. 

LEIA MAIS: Jovem de 18 anos é morto pelo CV e tem execução filmada; veja vídeo

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros