Terça-feira, 25 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

Cuiabanália Sexta-feira, 17 de Maio de 2024, 14:04 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 17 de Maio de 2024, 14h:04 - A | A

BALANÇO

11ª edição da Semana do Cavalo movimenta a economia e ultrapassa expectativa de público

Maior evento equestre do Centro-oeste fatura o dobro em leilões em comparação à edição anterior e se torna vitrine de negócios para expositores

DA REDAÇÃO

A 11ª Edição da Semana do Cavalo foi um grande sucesso, atraindo um público recorde e gerando um impacto significativo na economia local. O evento, que aconteceu de 02 a 12 de maio, ofereceu uma ampla gama de atividades para os amantes de cavalos, incluindo show regionais e nacionais, leilões, cursos, palestras, espaço kids, exposições de mini animais, estandes de vários produtos relacionados ao agro e tendas gastronômicas, no Parque de Exposições Jonas Pinheiro, em Cuiabá. 

Com entrada gratuita todos os dias, a Semana do Cavalo encerrou oferecendo ao público muita adrenalina com as provas de Hipismo Clássico, Ranch Sorting, Laço Comprido, Três Tambores, e muitas outras, além da programação para as crianças, que teve muita diversão com o rodeio em carneiros, tambor nas canelas e laço na vaquinha e bode. A Tradição ficou por conta do rodeio em cavalos, que trouxe 22 peões da Seleção Brasileira do Cutiano e também atletas de Mato Grosso, que disputaram o título de campeão. A premiação mais alta ficou com o João da Conceição, da cidade Cassilândia de Mato Grosso do Sul, com 352,26 pontos e que levou R$ 30 mil reais. O diretor de rodeio do Circuito Raízes, Rodrigo Montalvão, disse que foi uma experiência especial organizar o primeiro rodeio em cavalos, em Cuiabá.

Foi fantástico para nossa equipe realizar o primeiro rodeio em cavalos na Semana do Cavalo. A visibilidade do rodeio em Cuiabá tem que ser resgatada, nós plantamos a semente do rodeio em cavalos e também desse esporte, assim esperamos que Cuiabá possa ter o rodeio como produto de entretenimento. Mostramos para Cuiabá o espetáculo da abertura, das montarias e também tivemos a novidade que foi o Caminhão Trapézio que complementou esse show”, pontua Rodrigo.

lém de proporcionar entretenimento e lazer para mais de 100 mil pessoas, ultrapassando a quantidade da última edição, a Semana do Cavalo também gerou um importante impacto econômico para a região. Estima-se que a feira tenha movimentado em negócios, gerando mais de 700 empregos diretos e indiretos.

Nesta 11ª edição, duas leiloeiras foram responsáveis pela organização do leilão, a Criar Leilões e Programa Leilões, que comercializaram 150 equinos da raça quarto de milha e mais de 3.000 bovinos, realizando um faturamento superior a R$ 12 milhões, o dobro em comparação à edição de 2023. Além disso, este ano o evento superou a expectativa de faturamento e quebrou um novo recorde com a comercialização da égua mais cara de todas as edições. 

“Quebramos um recorde na história da Semana do Cavalo, comercializamos a fêmea Arc Back In Black, uma égua americana, no valor de R$ 844.000,00 no leilão Working Edition”, comenta o Cláudio Rodrigues, assessor equino. 

A Semana do Cavalo além de proporcionar um espaço para o público estar perto dos animais, é também uma viabilidade confiável e uma vitrine de negócios para os expositores. A empresa Longhorn Brasil, de Nossa Senhora do Livramento, criadora de gado de Genética da raça Texas Longhorn, conhecidos por ter chifres grandes, esteve presente pela primeira vez e já espera retornar a presença no próximo ano. Além de difundir o nome e de divulgar a marca, Maurício Piona, Gestor Longhorn Brasil, ressalta que a participação proporciona captação de clientes, novos amigos e vendas dos produtos.

"Gostamos muito de participar, pela primeira vez, na Semana do Cavalo, foram dias intensos, com muitas pessoas indo ao nossos estandes, muita conexão. Muitas pessoas foram ao nosso estande para tirar fotos. Pretendo no próximo ano trazer mais animais mansos para o público tirar fotos, acredito que seja importante essa interação, do meio urbano com o meio rural. E as crianças ficaram animadas com os animais. Na parte comercial nós vendemos alguns crânios e tivemos muitas negociações de gado também. O evento é importante, pois faz a divulgação da marca e com isso esperamos um retorno financeiro. Foi bom para o primeiro e esperamos participar no próximo ano”, pontua Maurício. 

O evento é  importante para a economia local e para a cultura da região, resgatando a tradição. A feira promoveu a criação de cavalos, impulsionou o turismo e gerou renda para a comunidade. A expectativa é que a próxima edição da Semana do Cavalo seja ainda maior.

"É com imensa alegria que encerramos os 12 dias de evento da Semana do Cavalo, ultrapassamos o número de público do ano passado e o faturamento dobrou. Além disso, também arrecadamos mais de 10 toneladas de alimentos para fornecer às famílias carentes. O público recebeu um evento com qualidade, com uma estrutura remodelada, para toda família se divertir. A Semana do Cavalo proporcionou economia, bem-estar, social e educação. E espero mais realizar ainda mais", finaliza Caê Póvoas, organizador da 11ª Semana do Cavalo.

(informações da assessoria)

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros