Terça-feira, 25 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

Cidades Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 16:31 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 16h:31 - A | A

EM ESTRUTURA METÁLICA

Pintor morre eletrocutado enquanto trabalhava em obra da Setasc em Cuiabá; veja vídeo

Informações preliminares dão conta de que ele encostou na rede elétrica que tinha próximo; Pasta disse que irá aguardar a apuração dos fatos para tomar medidas cabíveis

JOLISMAR BRUNO
Da Redação

O pintor identificado como Carlos Cezar Meira de Arruda, de 42 anos, morreu eletrocutado quando trabalhava em uma obra na sede da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc), em Cuiabá, na manhã desta terça-feira (21). A vítima fazia serviços de pintura de uma estrutura metálica no telhado do prédio e era o primeiro dia de trabalho no local. Procurada, a Setasc disse que irá aguardar a apuração dos fatos para tomar as providências cabíveis. 

Não foi informado o que causou a descarga elétrica no trabalhador. Informações preliminares dão conta de que ele encostou na rede elétrica que havia próximo. 

Duas equipes do Corpo de Bombeiro foram acionadas para o atendimento da ocorrência. Contudo, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência já estava no local e atestou a morte de Carlos. 

O local foi isolado até a chegada da Perícia Oficial de Identificação Técnica para tomada de providências e remoção do corpo do local.

A reportagem procurou à Secretaria de Assistência Social e Cidadania que, em nota, manifestou pesar pela morte do trabalhador na sede do órgão e que aguardará a apura dos fatos para adotar as providênicas cabíveis.

NA ÍNTEGRA  

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania manifesta profundo pesar pelo falecimento do colaborador ocorrido nesta terça-feira, 21 de maio, na obra da sede do órgão.

O mesmo tinha 42 anos e atuava como colaborador da empresa contratada pelo Estado.

A Setasc aguardará a apuração dos fatos pela Polícia Judiciária Civil, para adotar as providências cabíveis necessárias.

VEJA VÍDEO

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros