Cidades Quinta-feira, 09 de Junho de 2011, 18:30 - A | A

Quinta-feira, 09 de Junho de 2011, 18h:30 - A | A

GUERRA AO TRÁFICO

Ministro garante veículos e delegacia da PF para Mato Grosso

Reivindicação partiu do deputado e presidente da Comissão de Segurança da Assembleia

DA REDAÇÃO

Arquivo
Presença de forças especiais na fronteira é fundamental para barrar a entrada de drogas em Mato Grosso

Mato Grosso vai ter mais uma delegacia da Polícia Federal na região Oeste e 13 veículos para patrulhamento na fronteira com a Bolívia. A garantia foi dada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ao presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Walter Rabello (PP/MT), na noite de quarta-feira (8), durante audiência em Brasília.

Walter Rabello conseguiu também agendar visita do ministro a municípios que fazem fronteira com a Bolívia. A vinda de Cardozo deve ocorrer no início do segundo semestre.

“Temos resultados importantes desse encontro aqui, hoje, quando nós fixamos uma ida ao Estado de Mato Grosso para termos várias iniciativas, vamos nos reunir com a equipe técnica do governo para discutirmos o nosso plano de fronteira, onde inclusive faremos um sobrevôo da região e verificar in loco os desafios que vamos enfrentar além de fazer entrega dessas viaturas ao Estado e planejarmos um conjunto de ações necessárias nessa parceria entre governo do Estado e governo federal”, garantiu o ministro.

A nova delegacia da Polícia Federal deve ser construída em Pontes e Lacerda que, depois de Cáceres, é um dos municípios mais afetados pela entrada de drogas usando Mato Grosso com rota para outros estados brasileiros e alguns países europeus.

“Todas as reivindicações que fizemos hoje (quarta-feira) aqui ao ministro serão atendidas, inclusive já dentro de um programa (Alerta Brasil) lançado hoje aqui”, disse Walter Rabello.

A secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, que também participou do encontro, fez questão de anotar reivindicações feitas pelo presidente da Comissão de Segurança e sugeriu que todos os pedidos sejam absorvidos no encontro que o Ministério da Justiça fará com todos os secretários de Segurança do país, marcado para o próximo dia 30 em Brasília.

Outra garantia dado por Cardozo a Rabello é a reposição a Mato Grosso de 30 homens da Polícia Rodoviária Federal, quem em 2009 foram cedidos provisoriamente para a operação Gralha Azul, no Paraná, e até hoje não voltaram.

Dentro do programa Alerta Brasil vai estar também outra reivindicação de Rabello, que fez questão de mencionar ao ministro: a implantação de um sistema de comunicação digital (câmeras) que serão colocados em 50 pontos diferentes do Estado.

“Pedi ao ministro e acatou que esses pontos sejam definidos por pessoas (policiais) de Mato Grosso, porque são eles que sabem e conhecem onde são os pontos estratégicos para se instalar esses equipamentos”, destacou Rabello.

PRESÍDIO

Walter Rabello ainda sugeriu, no encontro, a construção de um presídio federal em Cáceres. O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso, Paulo Lessa, que participou do encontro, disse que a sugestão “foi bem vista pelo ministro”.

“No Tribunal Regional Federal da Primeira Região, Cáceres é onde tem a maior quantidade de presos federais, então se hoje o país tem quatro penitenciárias já construídas e a quinta já está sendo construída em Brasília, a sexta, como sugeriu o deputado Walter Rabello, seja construída nessa região de Cáceres”, avaliou Alexandre Bustamante, secretário de adjunto de Segurança.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros