Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 14h:10

Tamanho do texto A - A+

Impostos aumentando?

Por: RODRIGO FURLANETTI

Reprodução

RODRIGO FURLANETTI

O Quadro atual de desconfiança parece dividir opiniões.

Uns acreditam de forma otimista, que em breve tudo irá passar e voltar a normalidade.

Outros, já enxergam o pior cenário, acreditando na morte de centenas de pessoas.

Seja de um lado, ou de outro, não há como fugir do fisco.

A indagação que deve ser feita, é se estamos pagando o valor correto de tributação no caso concreto.

Muitas empresas efetuam o pagamento de impostos, sem efetuar a devida verificação, se não é possível reduzir tal carga tributária através de um planejamento tributário.

A correria do dia- a- dia do empresário em busca da captação de clientela e também da manutenção de seus clientes, não o permite enxergar que é possível que uma grande torneira esteja aberta e seu dinheiro indo para o ralo. Esta torneira se chama falta de conhecimento.

O planejamento tributário é uma medida adotada pelo empresário, a fim de verificar se seu empreendimento possui a menor carga de tributação para seu segmento, e se isso foi implementado.

A pergunta que muitos empresários podem fazer é? O simples nacional é sempre vantajoso? A resposta é depende.

Os outros regimes como exemplo do lucro real e presumido, permitem a apropriação de créditos tributários, onde o empresário poderá da melhor forma adotar uma estratégia empresarial tributária.

O que é verdade, é que o regime do simples, é de menor complexidade tanto para o contribuinte, quanto para seu profissional contábil, que terá maior facilidade na apuração das obrigações fiscais.

Em virtude do exposto, o empresário precisará enxergar com outros olhos a partir de agora, a fim de manter sua empresa próspera e em crescimento.

 

(*) RODRIGO FURLANETTI é Consultor Tributário. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto








Mais Comentadas