Política Quinta-feira, 01 de Setembro de 2011, 15:29 - A | A

Quinta-feira, 01 de Setembro de 2011, 15h:29 - A | A

TEMPO QUENTE

Pergunta sobre lavagem de dinheiro deixa Dorileo Leal constrangido

Dono do Grupo Gazeta de Comunicação ficou desconcertado com pergunta sobre sua situação junto a Justiça Federal de Mato Grosso e aproveitou para atacar Grupo Zahran

Mayke Toscano/Hipernotícias

Dorileo Leal questionou o Ministério Publico e a Justiça Federal sobre o motivo pelo qual a venda da Rádio Club, que pertencia ao Grupo Zahran, para o ex-bicheiro João Arcanjo
A festa promovida para novas filiações ao PMDB em Cuiabá, nesta quinta-feira (1), foi palco de embaraço entre João Dorileo Leal, dono do Grupo Gazeta de Comunicação, e o jornalista Jonas Campos, da TV Centro América (afiliada da Rede Globo), que pertence ao Grupo Zahran.

Tudo começou quando Dorileo Leal, ao ser questionado sobre o processo que tramita contra ele na Justiça Federal, sobre lavagem de dinheiro, e que pode criar empecilhos para sua candidatura a prefeito, ele disse que não teme as acusações.

“Se eu temesse alguma coisa, eu não viria para a vida pública, quero deixar claro que não sou filho de pai assombrado. A minha vida é absolutamente limpa, ninguém vai conseguir colocar defeito em mim e nem uma marca em mim, e a Justiça vai poder julgar com isenção aquilo que fazem com politica aqui em Mato Grosso”, esbravejou.

Na sequência, o repórter da TV Centro América, Jonas Campos, insistiu na pergunta sobre denúncia do Ministério Público Federal (MPF) que indica suposto envolvimento do dono do Grupo Gazeta com três factorings de propriedade de João Arcanjo.

Dorileo Leal ficou desconcertado com a pergunta, mas se refez e atacou. “Até hoje não fui ouvido (pela Justiça), fui vítima de uma acusação descabida e digo a você da TV Centro América que a operação em que o Grupo Gazeta fez em uma das factorings é a mesma que a TV Centro América fez no passado e ela não foi investigada”.

Depois, Dorileo complementa a pergunta, questionando se a Justiça Federal em Mato Grosso irá averiguar a venda da Rádio Club feita pelo Grupo Zahran para o ex-chefe do crime organizado no Estado, João Arcanjo Ribeiro, preso em unidade de segurança máxima em Campo Grande (MS).

O dono do Grupo Gazeta continuou a questionar o Grupo Zahran. “Tem que colocar no ar a minha resposta na TV Centro América porque você (Jonas Campos) é um bom profissional. Porque ela (TV Centro América) vem aqui exclusivamente para questionar sobre isso. Eu estou pronto para falar, não tem problema, inclusive para a TV Centro América explicar a venda da Rádio Clube ao ‘seu’ João Arcanjo Ribeiro. A venda da Rádio Club à Silvia Shirata (ex-mulher do bicheiro), Luiz Dondo que estão envolvidos numa organização criminosa e que isso não foi investigado pelo Ministério Público Federal e nem pela Justiça Federal”, defendeu-se Dorileo.

OUTRO LADO

O diretor da TV Centro América, Zilmar Melatti, foi procurado pela reportagem mas sua secretária disse que, em outro momento, ele retornaria a ligação.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Carlos Alves Dutra 02/09/2011

Como se vê é o sujo falando do mal lavado.

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros