Política Domingo, 12 de Junho de 2011, 10:36 - A | A

Domingo, 12 de Junho de 2011, 10h:36 - A | A

DISSE-ME-DISSE

Para presidente estadual do PRTB, Neviton e Totó são "mentirosos"

Samuel Silva sustenta que os vereadores cuiabanos foram sim expulsos do partido, apesar de terem usado a tribuna da Câmara de Cuiabá para negar o fato. "Isso já é cretinice", acrescenta Samuel

HÉRICA TEIXEIRA
herica@hipernoticias.com.br

 

Mayke Toscano/Hipernotícias
Professor Néviton também foi explulso pela executiva nacional do PRTB
O presidente do diretório estadual do PRTB, Samuel Lemes Silva, classifica os vereadores cuiabanos Totó Cesar e Professor Neviton, que foram expulsos do partido na semana passada, de "mentirosos". "Não teve negociação com o diretório nacional do partido. Usaram a tribuna da Câmara para mentir. Para mim eles são dois péssimos partidários”, reagiu Samuel Silval.

A posição do presidente estadal deve-se ao fato de os dois vereadores terem negado, da Tribuna da Câmara, que haviam sido expulsos do partido, alegando que ainda estavam negociando o caso com a Executiva Nacional.

Samuel explicou que fez relatório sobre atuação dos dois parlamentares e encaminhou para o presidente da nacional, Levy Fidélix, que os expulsou do partido.

“A minha questão com os vereadores não é pessoal. A situação é porque eles não respeitaram o regulamento interno, não votavam nas assembleias, e não compartilhavam das mesmas buscas da sigla. Os dois (vereadores) são iguais. É a tampa e o penico”, pontuou.

Ao ser procurado para se explicar, Totó César disse não saber da expulsão e reafirmou negociação com diretório nacional.

“Eu não sabia da expulsão. Estava viajando para resolver questões pessoais e não fui comunicado. Eu ainda estou conversando com a nacional”, insiste.

O vereador acrescentou ainda que o problema não é com a nacional do partido, mas com o presidente do diretório estadual. “Com a nacional está tranquilo, o problema é com o presidente da estadual, o Samuel”, declarou.

Para Samuel, essa seria mais uma mentira que Totó estaria inventando, pois não há rusga nenhuma com a presidência da estadual, e que a questão é apenas partidária. “Não posso falar dele como pessoa, pois convivi pouco com ele. Só falo como político” argumentou.

“Ele está mentindo mais uma vez quando diz desconhecer expulsão do partido. Ele sabe sim, pois o processo já corre há seis meses. É uma cretinice falar que não sabia”, concluiu.

Na terça-feira (7), Hipernoticias informou com exclusividade a expulsão dos vereadores, ao flagrar um oficial de justiça procurando pelos dois, na Câmara Municipal, para citá-los da decisão do partido. Leia aqui.

NÉVITON

Professor Neviton, também citado pelo presidente da estadual Samuel, foi procurado para falar sobre o assunto, mas não atendeu as ligações. Os dois vereadores já estão praticamente acertados para se filiarem ao PSD nos próximos dias.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros