Política Sábado, 09 de Abril de 2011, 09:00 - A | A

Sábado, 09 de Abril de 2011, 09h:00 - A | A

FUNCIONALISMO

Governo não teme greve geral e aposta no diálogo com servidores

Chico Daltro, que já foi sindicalista, intercede e governo reabre negociação com servidores públicos, amenizando clima de radicalização

Mayke Toscano/Hipernotícias
Assembléia lotada dos PAIGs- técnicos, agentes e auxiliares da área instrumental são os mais mobilizados
O governo do Estado não teme uma greve geral dos servidores públicos. Conforme o governador em exercício Chico Daltro [PP], a Secretaria de Administração [SAD] recebeu determinação do Paiaguás para não cessar o diálogo com as categorias até que se chegue a um consenso.

“Não deixaremos de dialogar porque há um compromisso feito pelo governador Silval Barbosa com os servidores e isso será cumprido com muito diálogo entre as partes”, ressaltou Daltro ao Hipernotícias, no início da tarde desta sexta-feira [08].

Por conta desta determinação, dada pelo próprio Daltro, depois das evidências de falta de tato da área responsável pelo governo de negociar com os servidores, o secretário Cesar Zilio reabriu as conversas com pelo menos duas categorias, na quarta e quinta. Tanto que o Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental (técnicos, agentes e auxiliares) colocou uma nota curta em seu site, na quinta, avisando que “as ações deliberadas na Assembléia dia 01.04.11 (veja aqui) serão postergadas para uma outra oportunidade”, uma vez que “foi reaberto o canal de negociação entre o Governo do Estado e SINPAIG sobre o projeto de Reestruturação da nossa carreira”.

Outra categoria, a dos servidores carreira dos profissionais de desenvolvimento econômico e social, também colocou nota no site do seu sindicato (Sindes), anunciando que o “Governo do Estado, por seu Secretário de Administração Cesar Roberto Zilio, na tarde do dia 06/04/2011, apresentou, em forma de proposta, a tão esperada e sonhada tabela de subsídios”.

A situação estava tão fora do controle do Governo que até um secretário de Estado - Eliene Lima, da Ciência e Tecnologia -, veio a público cobrar da SAD aumento salarial, reestruturação o PCCS e concurso público para os servidores de sua secretaria, na última terça, na companhia do sindicalista Valdevino de Souza, do Sinprotec (Educação Profissionalizante). Veja aqui.

Os servidores da Saúde também estão agitados com as negociações envolvendo a reestruturação do seu PCCS, o que inclui reajuste salarial. Tanto que ingressaram nas primeiras mobilizações contra a parceria proposta pelo governo com organizações sociais de saúde por esta motivação. Neste caso, o governo tenta dissociar as discussões. A ameaça feita pelo secretário Eder Moraes, na quinta, contudo, voltou a acirrar os ânimos dos servidores da saúde.

SAD
Secretário de Administração, Cesar Zilio, recebe ordens para reabrir o diálogo
Uma das categorias mais mobilizadas – e que preocupa mais o Governo, por ter o poder de travar o funcionamento da máquina pública -, os servidores da Área Instrumental do governo pedem reestruturação salarial, mas até agora alegam resistência do Executivo. A categoria quer reajuste mínimo de 37%.

Já houve duas assembléias dos Profissionais da Área Instrumental [TAIGs, AIGs e Auxiliares], sendo que na última, dia 1° de abril, uma nova data foi estipulada para o desfecho: segunda-feira, dia 11. Nesse dia o titular do governo, Silval Barbosa [PMDB] já estará de volta no comando das negociações.

Silval retorna no domingo ao Brasil, de uma missão oficial aos Estados Unidos. Na segunda, retoma o posto no Paiaguás e seu primeiro desafio é justamente tentar contornar a situação dos TAIGs, que se viram ameaçados depois que uma mensagem recebida diretamente dos EUA, enviada pelo secretrário-chefe da Casa Civil, Éder Moraes, prometendo retaliar quem insistir em greve. Confira

“Não acredito em greve geral. Acredito no poder de diálogo do governo Silval Barbosa e os servidores”, reforçou Chico Daltro.

A categoria da área instrumental espera há mais de 10 anos pela reestruturação da carreira e salienta que a proposta dos TAIGS foi aprovada pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e pela Lei Orçamentária Anual (LOA) em 2010.

NEGOCIAÇÃO

A categoria é dividida em três subcategorias: técnico, agente e auxiliar. O sindicato reivindica o reajuste de 37%, 85% e 85%, respectivamente, em cima dos salários. Já o Governo fez contraproposta de 30%, 75% e 56%, pela ordem. Este é o impasse até o momento.

De acordo com o sindicato, o reajuste foi previsto para o orçamento de 2011 e apresentado para o governador Silval Barbosa ainda no ano de 2010. Segundo Edmundo, , presidente do Sinpaig, na época Silval teria firmado compromisso com a categoria.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Cuiabano 12/04/2011

servidor conservador, seu nome e claro conservador, medroso, teme mudanças, vc deve ser do sindes para ter um discurso tao infimo, O SINDES E COMO UMA POITA, SO AMARRA AS DEMAIS, NAO CONTRIBUEM COM NADA, INFELIZMENTE O DISCURSO DO SEU ALADIR, E FALHO E DISCUROS QUE NAO TEM PROJEÇAO E NAO SABE SOBRE O QUE DIZ... MEU DISCURSO E O MESMO, O SINDES NAO PASSA DE UMA ANCORA AMARRANDO A AREA INSTRUMENTAL, SO SABE COLHER O BONUS DA NOSSA LUTA, LUTEM PELO DE VOCES PARA DE QUERRER SE COMPARAR A AREA INSTRUMENTAL. QTO TEMPO EXISTE ESSE SINDICATO? QUANTAS VEZES TIVERAO PEITO DE SAIR AS RUAS E LUTAR PELO QUE DE DIREITO DO SERVIDOR? S.CONSERVADOR E POR ESSAS E OUTRAS QUE NAO QUEREMOS SEU AMIGO ALADIR E SEU SINDICATO PROXIMO DO SINPAIG. QUIEM USA CAL COMO VC DIZE ACABA FAZENDO SERVIÇO MEDIOCRE QUE COM O TEMPO DESBOTA, A AREA INSTRUMENTAL ELABORA TRABALHOS COM PRECISAO E PERFEIÇAO NAO PERDE A COR COM O TEMPO. ESPERO QUE DESATRELEM DA AREA INSTRUMENTAL O MAIS RAPIDO POSIVEL.

ENTENDIDO 11/04/2011

Como pode "Servidor conservador" recebermos o mesmo que vocês, sendo vocês medrosos, mais de 2 mil funcionários e não vi cem entrar de greve. Vocês não tem capacidade se quer de montar uma tabela. Fala sério, em quê nossas carreiras são parecidas?

Servidor conservador 11/04/2011

Mais calma aí Cuiabano! O Aladir foi educado para expressar suas idéias e acho que devemos ter aumento paritário sim, pois nossas atividades são idênticas e não há o porquê de uma categoria receber mais e a outra menos. Viva a união de nossas categorias e vamos colocar uma pá de cal nesse assunto o mais rápido possível! Abraços aos leitores

Cuiabano 11/04/2011

Sae da nossa aba o preguiçoso, voce e seu sindicato, sai da aba da area instrumental, nungeum quer vcs anexado a nossa categoria, desde o ano passado vc nao lutam com as proprias pernas, vive na dependencia do sinpaig, fala serio, cuida da sua lei cuida da sua tabela que da nossa cuidamos nos, desgruda carrapato... tdoq ue fala da sua lei no seu syte e referente a luta do SINPAIG, QUE SINDICATO E ESSE? QUE PRESIDENTE E ESSE? QUE SO SABE COLHER O BONUS DA LUTA DE OUTRAS CARREIRAS, NAO TEM FORÇA DE FAZER NADA INDEPENDENTE, CANSAMOS DE OUVIR SUAS ASNEIRAS, LER SEUS COMENTARIOS ESDRUCHULOS E FALSOS, SEUS ARTIGOS, NO OLHAR DIRETO, CLASSIFICANDO COM O SINDEZ COMO FORÇA DA GERVE DE 2010, RAPAZ, E FEIO MENTIR, INVENTAR, ARRUMA SUA CASA ANTES DE QUERRER VISITAR A CASA DO VISINHO.... E MAIS UMA VEZ SAE PRA LA ENCOSTO... VAI LUTAR SUA PROPRIA LUTA, DESATRELA SINDES NINGUEM DA AREA INSTRUMENTAL QUE VER O SINPAIG ATRELADOS A VOCES NAO PERCEBERAM ISSO AINDA...

Cuiabano 11/04/2011

Sae da nossa aba o preguiçoso, voce e seu sindicato, sai da aba da area instrumental, nungeum quer vcs anexado a nossa categoria, desde o ano passado vc nao lutam com as proprias pernas, vive na dependencia do sinpaig, fala serio, cuida da sua lei cuida da sua tabela que da nossa cuidamos nos, desgruda carrapato... tdoq ue fala da sua lei no seu syte e referente a luta do SINPAIG, QUE SINDICATO E ESSE? QUE PRESIDENTE E ESSE? QUE SO SABE COLHER O BONUS DA LUTA DE OUTRAS CARREIRAS, NAO TEM FORÇA DE FAZER NADA INDEPENDENTE, CANSAMOS DE OUVIR SUAS ASNEIRAS, LER SEUS COMENTARIOS ESDRUCHULOS E FALSOS, SEUS ARTIGOS, NO OLHAR DIRETO, CLASSIFICANDO COM O SINDEZ COMO FORÇA DA GERVE DE 2010, RAPAZ, E FEIO MENTIR, INVENTAR, ARRUMA SUA CASA ANTES DE QUERRER VISITAR A CASA DO VISINHO.... E MAIS UMA VEZ SAE PRA LA ENCOSTO... VAI LUTAR SUA PROPRIA LUTA, DESATRELA SINDES NINGUEM DA AREA INSTRUMENTAL QUE VER O SINPAIG ATRELADOS A VOCES NAO PERCEBERAM ISSO AINDA...

Aladir Leite Albuquerque 10/04/2011

FIQUEMOS FIRMES, POIS QUANDO PENSAMOS QUE ESTAMOS FRACOS, É JUSTAMENTE NESTA HORA QUE DEUS NOS FORTALECE! O GOVERNO JÁ SE MANIFESTOU COM UMA TABELA, MAS ACREDITAMOS QUE PODEMOS AVANÇAR. NA REUNIÃO DESTA QUINTA FEIRA, POR ACLAMAÇÃO EU ALADIR E O BENEDITO, PRESIDENTE DA SINFRA, FOMOS AUTORIZADOS TRABALHAR POLITICAMENTE JUNTO COM O SINDICATO DA ÁREA INSTRUMENTAL, NA CONSTRUÇÃO DE UMA NOVA TABELA, QUE É SUPERIOR, A QUE O GOVERNO NOS APRESENTOU. AGORA SIM, ESTAMOS MAIS FORTES, ENTRE A UNIFICAÇÃO DO SINDES E TAIG ALADIR – UM NOVO TEMPO VIRÁ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Roberval 09/04/2011

Vale lembra que o sistema penitenciario já esta tb na lei orçamentária de 2011....Governador olha para os Agentes Penitenciarios....

7 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros