Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Política Quinta-feira, 02 de Junho de 2016, 11:07 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 02 de Junho de 2016, 11h:07 - A | A

TREM CUIABANO

Deputada crítica postura de governador em dizer que "não vai terminar VLT"

REDAÇÃO

A deputada Janaina Riva (PMDB) criticou a postura adotada pelo governador Pedro Taques (PSDB) em relação a conclusão das obras do veículo leve sobre trilhos (VLT) apresentada durante uma entrevista ao programa Bom dia Mato Grosso, que foi transmitido na manhã desta quarta-feira (01). 

 

Alan Cosme/Hipernoticias

janaina riva

 

"É uma atitude totalmente irresponsável do governador Pedro Taques. A gente parou a Assembleia Legislativa por vários momentos. Instauramos uma comissão especial para estudar a causa e nós nunca ouvimos da boca dele e nem de nenhum dos seus secretários de Estado, que ele não iria  terminar o VLT e que não pretendia mais dar seguimento à obra como anunciou na manhã de hoje,  no Bom dia Mato Grosso. Mais uma vez, como já virou um hábito, ficamos sabendo pela mídia as intenções do governador", disse a deputada.

 

A parlamentar lembra que em uma das últimas audiências da Comissão Pró-VLT, o governador enviou grande parte do seus secretários e informou que  era favorável ao VLT, entretanto, afirmou durante o programa que de que a obra não será concluída.

 

"Ele foi categórico e disse o que o VLT, que foi uma promessa de campanha dele, não vai ser concluído. Ele disse que se tivesse R$ 600 milhões em caixa, ainda assim não o faria. Que investiria em outra coisa. Então é muito mais fácil jogar limpo com os deputados e dizer que o governo não tem interesse e não vai fazer o que foi prometido à população. Daí teremos que pensar em outras alternativas sobre o que fazer com esse espólio dos canteiros, trilhos, vagões e obras em si, que já tem gerado inclusive mortes e foi matéria nacional", disse.

 

Janaina Riva lembra que existem R$ 400 milhões, do governo Federal nos caixas do Estado e que se o governador realmente já decidiu que não vai fazer mais a obra, será preciso devolver à União por “pura incompetência desta gestão em concluir a obra”, afirmou.

 

"São várias decisões que precisam ser tomadas, mas infelizmente a gente acaba não participando e recebendo apenas as notícias depois, com espanto. Eu não tinha nem ideia pelo menos que essa era a intenção dele, de não fazer", disse.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Carlos Nunes 02/06/2016

Como esse dinheiro, que vão torrar no VLT, na certa vai fazer falta em setores mais essenciais, como a Saúde, a Educação e a Segurança. O ex-secretário da Secopa, Maurício Guimarães, já disse no depoimento que...VLT dá prejuízo; no Porto em Portugal, o VLT que inspirou o daqui, dá um prejuízo ANUALMENTE de 1 Bilhão de Reais. Ora, o VLT é espanhol, e a Espanha é vizinha de Portugal; qualquer assistência técnica, qualquer peça de reposição, etc, está bem ali; e Cuiabá que é longe a beça da Espanha, como fica? O governador, os deputados, já foram avisados pelo ex-presidente da Secopa; se depois que fizerem o VLT, não possa cobrir os custos e os prejuízos, com o preço da passagem que o povo vai pagar...ninguém pode dizer que não sabia do fato, pois estarão faltando com a verdade. O ruim é que os políticos passam, mas o abacaxi, a dívida fica, para nós pagarmos na marra. Depois ninguém vai se responsabilizar, vão é jogar a culpa um no outro, porque como diz o ditado popular: filho(obra) feio não tem pai.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros