Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 20h:22

Tamanho do texto A - A+

André Pozetti e Pio da Silva entram na disputa

Mayke Toscano/HiperNotícias

julgamento/tre/mauro mendes/André Luiz Pozetti

André Pozetti foi juiz eleitoral e agora quer TJ

 

Aumenta a cada dia entre os advogados mato-grossenses a lista dos pretensos candidatos à vaga de desembargador do Tribunal de Justiça de MT pelo chamado Quinto Constitucional. Além dos já anunciados pela coluna como os mais cotados, também já anunciaram suas pretensões o advogado trabalhista Pio da Silva - que já disputou eleições para a presidência da OAB -, e Andre Pozetti, que já foi juiz eleitoral do TRE por dois mandatos - também pelo Quinto Constitucional da OAB. À medida que os nomes forem surgindo a coluna vai anunciando-os. Para vestir a toga do TJ como desembargador pelo Quinto, o advogado precisa ser incluído numa lista sêxtupla a ser elaborada pelo Conselho Seccional da OAB. Depois, ser mantido entre os três que serão escolhidos pelo Pleno do TJ e, finalmente, ser a opção do governador do Estado - que pode nomear qualquer um dos três da lista tríplice aprovada pelo Tribunal. Ou seja, que menos importa aí é conhecimento jurídico, mas sim, articulação política para obter os votos necessários nas duas primeiras fases - e cair na preferência do governador. O processo é o mesmo quanto ao nome do membro do Ministério Público que também irá compor o TJ quando PEC da ampliação for finalmente aprovada pela Assembleia Legislativa.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei