Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 14h:34

Tamanho do texto A - A+

Advogados querem vaga de desembargador

Divulgação

Gabriela Novis Neves


Já é grande nos bastidores da advocacia mato-grossense a movimentação de advogados que pretendem postular a vaga de desembargador do Tribunal de Justiça pelo Quinto Constitucional. A vaga a ser destinada aos advogados é uma das nove que serão criadas com a ampliação do número de desembargadores de 30 para 39, conforme Projeto de Emenda Constitucional em discussão na Assembleia Legislativa, que já aprovou uma Lei Complementar com a reestruturação. Entre os nomes cogitados para a vaga estão os ex-presidentes da OAB Ussiel Tavares e Francisco Faiad, o conselheiro federal Ulysses Rabaneda, e a ex-conselheira federal e ex-Procuradora Geral do Estado, Gabriela Novis Neves. Ulysses ainda depende de uma decisão do Conselho Federal autorizando que os conselheiros federais disputem - atualmente são impedidos (reunião do Conselho Federal que trataria do assunto nesta segunda-feira foi cancelada).

A escolha é um processo longo e complexo. Primeiro, a OAB aprova uma lista com seis nomes, e a envia ao próprio Tribunal de Justiça, que a refina para três nomes que serão encaminhados para a escolha de um deles pelo governador do Estado.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei