Terça-feira, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

Esportes Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 18:15 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 18h:15 - A | A

Djokovic completa 37 anos com bolo de chocolate na quadra e vitória na estreia em Genebra

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Novak Djokovic viveu uma quarta-feira atípica na carreira. No dia de seu 37º aniversário, o número 1 do mundo manteve a rotina de vitórias, ao estrear bem no Torneio de Genebra. Mas acabou surpreendido após fazer duplo 6/3 sobre o alemão Yannick Hanfmann. A organização do evento o presenteou com um belo bolo de chocolate na quadra e a torcida cantou parabéns ao sérvio.

Djokovic, como já virou rotina no circuito, mostrou toda sua simpatia e humildade ao fazer questão de oferecer um pedaço do bolo para os jovens que trabalharam na partida como fiscais de linha e pegadores de bola. Depois de provar e aprovar a guloseima, saiu servindo-a para todos, até mesmo ao segurança de quadra que observava as arquibancadas.

Os torcedores não puderam provar o doce, mas incentivados pelo DJ da partida, cantaram em alto e bom som parabéns para o número 1 do mundo. Djokovic ainda foi aplaudido de pé e se emocionou.

"Essa foi definitivamente uma celebração de aniversário única. Recebi muito amor de todos vocês e selei com vitória. Amor por mim, vitória por vocês! Até amanhã, na mesma quadra, mas um cara mais velho", escreveu Djokovic para agradecer. Usou a imagem com o bolo nas mãos.

Na partida, definida em 90 minutos, Djokovic quebrou o serviço do alemão no sexto game e depois apenas confirmou o serviço para fechar o set em 6 a 3. Antes de fazer 1 a 0, porém, teve de salvar cinco break points.

Hanfmann voltou disposto a reagir no segundo set e chegou a abrir 3 a 0. Mas o melhor do mundo estava inspirado em seu dia especial e não queria celebrar os 37 anos com revés. Com seis pontos seguidos, sendo três quebrar, fechou em novo 6 a 3 para depois ser homenageado de maneira merecida.

Em outras partidas do dia na Suíça, destaque para as vitórias do norueguês Casper Ruud, segundo favorito em Genebra (fez 4/6, 6/2 e 6/2 sobre o austríaco Sebastian Ofner, e do argentino Sebastian Baez (cabeça 5), com 6/3 e 6/0 diante do espanhol Roberto Carballes Baena.

A surpresa do dia em Genebra foi a queda do americano Taylor Fritz. O terceiro favorito levou a virada no confronto com o compatriota Alex Michelsen, dando adeus com 6/4, 4/6 e 5/7 após 2h41 de jogo.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros