Sábado, 20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Cidades Quinta-feira, 13 de Junho de 2024, 11:55 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 13 de Junho de 2024, 11h:55 - A | A

SORTE GRANDE

Moradores de Tangará da Serra e Nova Mutum levam bolada de R$ 100 mil no Nota MT

Ao todo, 1.009 consumidores que pediram o CPF na nota foram beneficiados com prêmios entre R$ 100 mil e R$ 500

DA REDAÇÃO

Um morador de Nova Mutum e uma moradora de Tangará da Serra, distantes 242 km e 243 km de Cuiabá, foram sorteados no programa Nota MT e faturaram R$ 100 mil cada. O sorteio foi realizado nesta quinta-feira (13) pela Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) e premiou, ao todo, 1.009 consumidores que fizeram compras no mês de maio e pediram o CPF na nota.

O segundo maior prêmio do sorteio foi para moradores de Campo Novo do Parecis, Lucas do Rio Verde e Cuiabá. Cada um foi contemplado com R$ 50 mil. Outras cinco pessoas foram sorteadas com os prêmios de R$ 10 mil.

Além desses valores, o Nota MT distribuiu mil prêmios de R$ 500, e neste sorteio, 999 cidadãos foram contemplados com este valor. Um deles foi premiado duas vezes com bilhetes diferentes e receberá R$ 1.000. Confira lista aqui.

O secretário-adjunto de Projetos Estratégicos da Secretaria de Fazenda, Vinícius Simioni, conduziu o sorteio e explicou que além do cadastro no Nota MT, a pessoa deve sempre pedir o CPF na nota no momento das compras. Esse ato beneficia o cidadão, o Estado e as próprias empresas que emitem o documento fiscal.

“É importante a participação das pessoas pedindo a nota fiscal em cada compra. Isso é uma obrigação das empresas, mas sabemos que algumas ainda são reticentes no cumprimento das obrigações e não emitem a nota. Então, a participação popular, fazendo com que isso aconteça, gera um ambiente de grande formalidade que favorece tanto ao consumidor quanto às próprias empresas, que vão estar concorrendo em um ambiente melhor”, disse Simioni.

Além dos sorteados, também serão contempladas as entidades sociais por eles indicadas. Cada instituição recebe o valor equivalente a 20% do prêmio do cidadão sorteado que a tiver indicado, chegando a R$ 180 mil em repasses para as entidades.

Entre as instituições indicadas pelos ganhadores de R$ 100 mil estão a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Tangará da Serra e a Associação de Proteção dos Animais de Nova Mutum. Por essas indicações, elas receberão R$ 20 mil cada. Lembrando que, quanto mais pessoas indicarem uma entidade, maior o valor da premiação que ela receberá.

Os nomes dos ganhadores foram divulgados durante transmissão ao vivo realizada pela Sefaz em suas redes sociais. A lista completa com os nomes e bilhetes sorteados é pública e pode ser consultada pelo site ou aplicativo do Nota MT.

COMO FUNCIONA

O Nota MT foi criado em 2019 e integra o Programa de Educação e Cidadania Fiscal do governo de Mato Grosso, que é coordenado pela Sefaz. O objetivo é estimular a solicitação de documento fiscal pelo consumidor por meio de premiação em dinheiro, mediante sorteios para os cidadãos.

Para participar, o consumidor deve efetuar o seu cadastro pelo aplicativo ou site do Nota MT e solicitar que o seu CPF seja informado nos documentos fiscais no momento da compra de mercadoria. São consideradas válidas para os sorteios as notas fiscais (NF-e e NFC-e) e os bilhetes de passagem eletrônicos emitidos no serviço de transporte público intermunicipal e interestadual.

Além dos sorteios mensais, o Nota MT oferece outros benefícios para quem é cadastrado, como o desconto no IPVA e a ferramenta do Menor Preço, que permite a consulta de preços por mercadoria.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros