Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Cidades Domingo, 22 de Maio de 2016, 11:28 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 22 de Maio de 2016, 11h:28 - A | A

REPRESSÃO AO CRIME

Delegacia de Roubos e Furtos supera meta

MAX AGUIAR

A meta estabelecida pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá, de 15 prisões por equipe policial, superou a expectativa e alcançou o número de 128 criminosos atrás das grades. As prisões são frutos de investigações consolidadas nos últimos 45 dias. 

 

Mayke Toscano/Hipernoticias

derf/operação furacão/delegada da Polícia Civil/Elaine Fernandes da Silva

Titular da Derf, delegada Elaine Fernandes destacou o comprometimento de sua equipe "São guerreiros que não têm dia nem noite". 

Os presos são autores de crimes bárbaros como latrocínios, roubo seguido de tentativa de homicídio, roubos em residências, ônibus coletivos, comércios e cargas - entre elas dois carregamentos grandes de cigarros recuperados -, além de furtos em apartamentos mediante escalação de prédios, e outros.

 

A delegada titular da Derf, Elaine Fernandes da Silva, destacou o comprometimento de toda a equipe da Derf, que em muitos dos trabalhos autuou em parceria com o 1º Batalhão da Polícia Militar, dentro do projeto “Força Pela Paz”.

 

“São guerreiros que não têm dia e nem noite para o enfrentamento da criminalidade em uma capital com quase 600 mil habitantes”, defendeu a delegada. 

 

Já a delegada Núbya Beatriz ressaltou que, além dos latrocínios, sua equipe priorizou investigações de roubos de cargas, residências, comércios e ônibus coletivos. “Ao longo desses meses conseguimos bons resultados”, disse.

 

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá trabalha com seis delegados, 24 investigadores e 12 escrivães nas investigações operacionais, além de 4 investigadores no núcleo de inteligência. Outros dois delegados estão por conta da finalização de todos os procedimentos de prisão em flagrante recebidos do Plantão de Cuiabá e do cumprimento de cotas do Ministério Público.

 

Assessoria / PJC-MT

Carga maxima - policia civil

 

LATROCÍNIOS

Tratado como prioridade da Derf, os casos de latrocínios têm máxima atenção das equipes policiais. Mesmo que o crime fique em um dos cartórios, o empenho no esclarecimento é de toda a Delegacia. As equipes se juntam para acompanhar o local de crime e iniciar as diligências de campo, determinadas pelos delegados, com suporte do Núcleo de Inteligência, que tem papel primordial na investigação.  

 

“É prioridade máxima dessa Delegacia. Nossos policiais acompanham desde o local do crime e iniciam as diligências de forma ininterrupta para prender em flagrante os suspeitos”, conta a delegada Elaine Fernandes.

 

Assim ocorreu o esclarecimento da tentativa de latrocínio praticada contra um casal no dia 13 de maio, no bairro Areão. Toda a delegacia se voltou para identificação e prisão dos criminosos. O crime ocorreu por volta das 7h e às 14h todos os três suspeitos estavam detidos na Derf.

 

A delegada Núbya Beatriz Gomes dos Reis está à frente dessa investigação. Ela destacou a harmonia entre as equipes, que faz o diferencial no trabalho executado pela Derf e assim como o comprometimento de todos para os resultados alcançados. 

“Gostaria de enaltecer o trabalho investigativo realizado pelos nobres guerreiros que compõem a equipe à qual eu tenho grande orgulho de pertencer. Agradeço o apoio constante do Núcleo de Inteligência da Derf, sem o qual não alcançaríamos o resultado”, destacou.

 

Pela tentativa de latrocínio, os suspeitos, Lucas Felipe do Nascimento Silva, 20 anos, e Rodolfo Almeida da Silva, 21, foram presos no bairro Parque Amperco. Um adolescente de 17 anos também foi apreendido e os objetos roubados das vítimas foram recuperados.

 

Assessoria / PJC-MT

Carga maxima - policia civil

 

Os três suspeitos abordaram o morador de 43 anos quando ele saia de sua residência. Depois de rendida, a vítima foi levada para dentro da casa, onde estava sua esposa S.M., 35 anos. O morador foi alvejado e a sua mulher recebeu diversas coronhadas na cabeça. Ela sofreu traumatismo craniano e seu marido continua internado em um hospital particular de Cuiabá.

 

Levados em audiência de custódia, Lucas Felipe do Nascimento Silva e Rodolfo Almeida da Silva, ambos reincidentes em crimes, foram mantidos presos. Lucas fazia uso de tornozeleira e, por cometer novo crime, perdeu o benefício sendo colocado em reclusão. O menor foi encaminhado à Delegacia do Adolescente, apresentado ao Juizado da Infância e Adolescência, com pedido de medida cautelar de internação.

 

OUTROS CASOS 

No mesmo dia, os policiais da Derf também apreenderam um adolescente executor do roubo que resultou na morte do presidente da associação de moradores do bairro Tancredo Neves, Expedito Ferreira dos Santos, 47 anos, no dia 10 de maio. O menor foi detido no bairro 1º de Março, em Cuiabá, e autuado em ato infracional de latrocínio. A vítima foi abordada por um bandido armado quando fechava seu estabelecimento comercial, por volta das 20 horas. Ela foi morta com dois disparos de arma de fogo.

 

Como pronta-resposta da atuação integrada da Polícia Civil com a Polícia Militar, o latrocínio do sargento PM Danilo Neves Ramires, 51 anos, ocorrido no dia 17 de abril, foi esclarecido no mesmo dia, com a prisão de dois dos autores, além de uma mulher associada aos criminosos.

 

A morte do sargento mobilizou não só o efetivo da Delegacia de Roubos e Furtos, como também a Gerência de Operações Especiais (GOE) e Batalhões da Polícia Militar. O caso foi presidido pela delegada Jannira Laranjeira Siqueira Campo.  

 

Diego da Silva Paiva, 27, Willian da Silva de Paula Rondônia, 21, e Midiâ Gomes Bispo, 20, seguem presos por latrocínio e associação criminosa. A mulher foi indiciada na associação criminosa, por ter prestado apoio ao grupo criminoso. Um quarto suspeito, Gilmar Queiroz de Menezes, 27, apontado como executor dos disparos, foi preso quatro dias depois, em 21 de abril.

 

“Todos eles fazem parte de uma associação criminosa que cometeu também homicídios na região do São João Del Rei, em Cuiabá. Com essas prisões, desvendamos o latrocínio e também outros delitos”, explicou a delegada Jannira Laranjeira.

 

RECEPTAÇÃO

Um dos trabalhos, que resultou em flagrantes, foi à quadrilha de receptadores desarticulada na operação “Pé de Cabra”, realizada em conjunto com a Delegacia da Polícia Civil de Ji-Paraná (RO), para desarticular uma quadrilha que recebeu uma carga de R$ 200 mil roubada naquele estado e escoada para Mato Grosso.

 

Quarenta mandados de busca e apreensão foram cumpridos por policiais civis da Derf Cuiabá e de Ji-Paraná (RO), em lojas de revendas de celulares, bancas do Shopping Popular e residências, locais onde foram apreendidos dois veículos BMW, um Siena, Ágile, Honda Civic, dezenas celulares, entre eles Iphones do lote roubado em Rondônia, aparelhos eletroeletrônicos como notebook’s, tablets, monitores, joias e outros.

 

Mais de trinta pessoas foram encaminhadas à Delegacia, sendo dois empresários presos em flagrante por receptação qualificada. Um deles, segundo a Polícia Civil, ostentava padrão de vida incompatível com seu negócio.

 

FURTOS EM APARTAMENTOS

Cinco pessoas foram identificadas nas investigações de furtos de apartamentos mediante escalada dos prédios. Três dos autores estão presos e outros dois tiveram o pedido de prisão representado pela Polícia Civil, que aguarda deferimento da Justiça.

 

“Eles banalizaram o crime. Entram nos apartamentos para comer e pegam aparelhos eletrônicos pequenos, como celulares e notebooks. Todavia, não podemos enquadrar o delito como famélico, quando furta para saciar a fome, porque essas pessoas  têm potencial de cometer outros crimes mais graves, até homicídios”, disse a delegada Jannira Laranjeira.

 

(Com informações da assessoria).

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros