Brasil Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011, 14:23 - A | A

Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011, 14h:23 - A | A

PEDRA BRANCA

Município cearense tem mais de 200 casos suspeitos de gripe A

Com medo, população passou a usar máscaras cirúrgicas e todos os estoques do produto na cidade acabaram

DA FOLHA DE SÃO PAULO

Divulgação

Aumentou para 232 o número de notificações de casos suspeitos de gripe A (H1N1) no município de Pedra Branca (261 km de Fortaleza). Com medo, a população passou a usar máscaras cirúrgicas e todos os estoques do produto nas farmácias da cidade acabaram, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

O último balanço do Estado, divulgado no sábado (26) com informações colhidas até quarta-feira (23), contabilizava 91 casos notificados na cidade.

Já foram confirmados 11 casos da doença no município, todos na Escola Agrícola. Segundo a secretária municipal de Saúde, Tânia Parente, os pacientes passam bem.

O primeiro caso, segundo ela, surgiu no dia 18, em um professor da escola. A suspeita é que ele tenha contraído o vírus após ter contato com uma pessoa que esteve em São Paulo. Segundo a secretária, muitos moradores do município trabalham no corte de cana em municípios paulistanos e retornam ao Ceará em novembro.

Os primeiros casos se concentravam em uma população com faixa etária entre 15 e 20 anos, que não está entre os grupos de risco que receberam vacinas contra a doença este ano. Porém agora, segundo a secretária, sintomas da gripe A estão surgindo em todas as faixas etárias.

Segundo o Estado, 17 mil moradores de Pedra Branca foram vacinados contra gripe A neste ano, de um total de 43 mil habitantes.

Parente afirmou que o município recebeu doses extras do medicamento usado no tratamento da gripe A, o Tamiflu, e que está negociando com o Estado do Paraná o envio de doses extras da vacinas para conter o surto. Segundo ela, porém, é pouco provável que ainda haja estoques da vacina disponíveis.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros