Segunda-feira, 17 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Brasil Terça-feira, 30 de Outubro de 2018, 18:43 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 30 de Outubro de 2018, 18h:43 - A | A

Major Olímpio, sobre Previdência: 'Não passa. Eu mesmo voto contra'

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O deputado e senador eleito por São Paulo Major Olímpio (PSL) rejeitou a intenção cogitada por pessoas próximas ao presidente eleito Jair Bolsonaro de votar a Proposta de Emenda Constitucional 287 da reforma da Previdência enviada pelo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional. Em entrevista nesta terça-feira, 30, na Câmara, Olímpio afirmou que o projeto do Palácio do Planalto tem vários pontos que já foram questionados pelo Legislativo. Diante disso, avaliou que, se houver novo esforço para aprovar o texto, haverá uma derrota do governo.

"A reforma é necessária, mas os parâmetros da proposta da PEC 287 estão equivocados. Na prática, se a 287 for colocada (em discussão), não passa. Eu mesmo voto contra", disse o senador eleito e aliado de Bolsonaro. "Pelo pouco que conheço da Câmara, se essa proposta for apresentada, ela não passará, pois suprime alguns direitos e não inclui categorias, como agentes e guardas municipais", disse. "Uma coisa é a necessidade da reforma, outra é a questão política."

Major Olímpio lembrou ainda que é preciso também entender a situação do Congresso já que "metade" dos parlamentares não foi reconduzida. O senador eleito avaliou ainda que há muita dificuldade em se votar propostas da área economia neste ano devido ao pouco tempo para a tramitação. Mesmo assim, o parlamentar disse que bancada vai aguardar as diretrizes do presidente Bolsonaro e do "professor Paulo Guedes", que irá conduzir o processo.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros