Terça-feira, 18 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,83
libra R$ 5,83

Brasil Domingo, 19 de Maio de 2024, 11:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 19 de Maio de 2024, 11h:00 - A | A

COM CARRÃO DE LUXO

Acidente deixa três feridos na Bandeirantes; suspeito de embriaguez, motorista é liberado

O acidente aconteceu no km 82 da rodovia, sentido interior. De acordo com a Polícia Rodoviária, o Audi seguia da capital para Campinas, quando atingiu a traseira do automóvel de uma plataforma de aplicativo que transportava passageiros

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Um acidente envolvendo um automóvel de luxo, um veículo de aplicativo e um caminhão deixou três pessoas feridas, duas delas em estado grave, neste sábado, 18, na Rodovia dos Bandeirantes, em Campinas, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o automóvel Audi era dirigido por um empresário que apresentava sinais de embriaguez. O condutor, que não teve a identidade divulgada, se negou a soprar o bafômetro e foi levado para uma delegacia da Polícia Civil.

O acidente aconteceu no km 82 da rodovia, sentido interior. De acordo com a Polícia Rodoviária, o Audi seguia da capital para Campinas, quando atingiu a traseira do automóvel de uma plataforma de aplicativo que transportava passageiros.

O carro, um Nissan Versa, bateu no guard-rail da rodovia e foi abalroado pelo caminhão. As três pessoas que estavam no Nissan ficaram feridas, duas em estado grave. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Mário Gatti, em Campinas. Conforme o hospital, nenhum dos feridos corre risco de morte.

Policiais rodoviários que atenderam a ocorrência disseram que o condutor apresentava sinais visíveis de embriaguez. O motorista se negou a soprar o bafômetro. Levado à delegacia, ele prestou depoimento à Polícia Civil e foi encaminhado para exame no Instituto Médico Legal (IML). Depois de passar por exames, ele foi liberado. Conforme a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), o acidente é apurado pela Segunda Delegacia Seccional da Polícia Civil de Campinas.

De acordo com a defesa do empresário, ele forneceu espontaneamente uma amostra de sangue para análise. "O resultado do exame laboratorial em breve será conhecido e certamente apontará a ausência de qualquer teor alcoólico em seu organismo. Por fim, a defesa confia nas investigações, momento em que a dinâmica dos fatos será trazida aos autos e restará comprovado que nosso constituinte não deu causa ao lamentável acidente", disse, em nota.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros