Política Terça-feira, 07 de Junho de 2011, 15:00 - A | A

Terça-feira, 07 de Junho de 2011, 15h:00 - A | A

FINALMENTE

Senador Pedro Taques assina documento para investigar Palocci

Agora são 22 assinaturas das 27 que são necessárias para instaurar CPI

DA REDAÇÃO

O senador mato-grossense Pedro Taques (PDT) assinou documento para instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o enriquecimento do ministro da Casa Civil Antônio Palocci, que teria multiplicado seu patrimônio por 20 em apenas 4 anos. O anúncio da decisão foi postada no site de relaciomento Twitter, na tarde desta terça-feira (7). 

Taques foi o segundo senador de Mato Grosso a assinar o pedido de instalação da CPI. Na segunda-feira (6), o democrata Jaime Campos concordou em dar aval ao documento.

O pedetista disse que não assinou o requerimento porque aguardava pronunciamento do ministro Antônio Palocci. Em pronunciamento no Senado no dia 25 de maio, Taques disse que aguardava também o resulta das explicações dadas por Palocci à Procuradoria-Geral da República.

Na noite de segunda-feira (6), Jaime Campos assinou pedido de investigação conta Palocci.

Com Pedro Taques e Cristovam Buarque (PDT-DF), outro que assinou, o documento já conta com 22 das 27 assinaturas necessárias para investigar o ministro petista e as denúncias de favorecimento dele e de seus clientes.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros