Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Política Domingo, 28 de Agosto de 2022, 15:03 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 28 de Agosto de 2022, 15h:03 - A | A

FEDERAL NOVATO

Prefeito de Tangará oficializa renúncia; Marrafon assumirá mandato de deputado

Vaga foi aberta após TSE oficializar cassação do mandato de Neri Geller por caixa 2 em 2018

RAFAEL COSTA
Da Redação

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson (União Brasil) anunciou na manhã deste domingo (28), durante uma live, a renúncia à vaga de deputado federal.

Com 27.044 votos obtidos na eleição de 2018, Masson deveria ocupar a vaga de Neri Geller (PP), cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por caixa 2.

No entanto, como não renunciará ao mandato de prefeito, Masson decidiu renunciar, o que favorece o advogado e ex-secretário de Estado, Marco Marrafon, que exercerá cinco meses de mandato na Câmara dos Deputados.

O prefeito vai a Brasília ainda na terça-feira (30) para entregar a carta de renúncia.

“Para assumir o cargo eu teria que renunciar ao mandato de prefeito. Só que em virtude do compromisso que temos com a prefeitura, eleito com 73% dos votos, temos ainda dois anos e meio de mandato e fazendo um balanço com amigos, vereadores, secretários, entendemos que devemos permanecer cargo de prefeito”, afirmou durante live transmitida nas redes sociais.

No anúncio feito ao lado de Marrafon e do deputado estadual Dr João, o prefeito aproveitou para fazer um compromisso com o advogado para que ele possa priorizar o município de Tangará da Serra na destinação de emendas.

Ele ainda elencou as principais dificuldades como a questão da infraestrutura, como a malha viária que está há muitos anos sem manutenção, e, ainda, a questão do abastecimento de água, além da saúde.

“Eu tenho que renunciar o mandato, então o mandato é do Marrafon, eu não posso assumir. Diante disso, eu quero a sua sensibilidade de enviar pelo menos 50% das emendas para nosso município”, declarou.

Marrafon aproveitou também para fazer um balanço de suas ações voltadas ao município na época em que foi secretário de Educação, lembrando da entrega de duas novas escolas, reformas de outras seis, além de implantar uma unidade com ensino integral e a descentralização das escolas militares. Além disso, aproveitou para se comprometer a destinar pelo menos R$ 15 milhões em emendas para o município.

“Um deputado de verdade tem que lutar pelas grandes pautas nacionais. É para isso que serve um parlamentar federal, pensar nas pessoas e fazer um estado mais leve, mais empreendedor, mais eficiente, com menos tributação, mas sem descuidar das emendas que fazem a diferença nos municípios. Quero deixar registrado que assumindo o cargo, no debate do orçamento para 2023, destinarei R$ 7,5 milhões de emendas impositivas para Tangará e mais R$ 7,5 milhões das emendas disponíveis que a gente vai brigar para viabilizar. Então, são 15 milhões para o orçamento de 2023, porque Tangará terá um deputado federal de verdade e parlamentar que vai priorizar e cuidar dessa região”, afirmou.

Marrafon apontou algumas das suas prioridades no mandato, como os programas educacionais. “Estamos muito preocupados com a polarização e pouco com as questões do dia a dia das pessoas. A educação é a base da sociedade”, declarou.

O candidato ressaltou ainda sua preocupação com a questão da saúde mental da população e prometeu trabalhar para levar investimentos para os centros de apoio psicossociais. Ele também prometeu apresentar a proposta das escolas plenas para o Ministério da Educação. Para o advogado, é preciso pensar na educação voltada não apenas ao ensino integral, mas também com qualificação e tecnologia, para que os jovens possam já sair das escolas encaminhados para o mercado de trabalho.

Por fim, o prefeito informou que assinou a carta de renúncia e nesta segunda-feira (29) irá ao cartório reconhecer firma para que já na terça-feira (30) Marrafon possa ir a Brasília entregar o documento ao presidente da Câmara, deputado federal Arthur Lira (PP), para que inicie o trâmite para a posse. A expectativa é de que o advogado assuma a cadeira ainda esta semana.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros