Política Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011, 19:50 - A | A

Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011, 19h:50 - A | A

DE VOLTA AO NINHO

Petista Ságuas Moraes assume Secretaria de Educação no próximo dia 3

Médico pediatra saiu da Secretaria de Educação ainda na gestão de Blairo Maggi para concorrer à Câmara Federal, se elegeu mas perdeu vaga por causa da retotalização de votos

PAULO COELHO

Assessoria

Atual secretária de Educação, Rosa Neide Sandes, deve ser mantida na Seduc, provavelmnete no cargo da adjunta

O ex-deputado federal Ságuas Moraes (PT) vai assumir a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) no próximo dia 3 de novembro em horário ainda a ser definido pelo governador Silval Barbosa (PMDB).

A data foi escolhida no fim da tarde desta segunda-feira (17) entre a atual secretária Rosa Neide Sandes, Ságuas e o secretário-chefe da Casa Civil, José Lacerda. “Foi sugestão da Casa Civil e agora falta apenas o governador definir o horário na agenda dele”, disse a secretária.

A mudança no comando da pasta foi consentida pelo governador na semana passada e objetiva abrigar Ságuas no governo, depois que o petista perdeu cadeira na Câmara Federal devido à retotalização de votos destinados à distribuição das vagas do Estado à Câmara Federal com base na ultima votação, em outubro do ano passado, o causou a perda do mandato de Ságuas e beneficiou o tucano Nilson Leitão.

A retotalização foi considerada necessária devido à decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que validou os votos congelados dos candidatos que tiveram candidatura indeferida em 2010 em função da aplicação da Lei da Ficha Limpa. Assim, os votos que foram computados à coligação PSDB-PTB-DEM, atribuídos ao candidato Willian Dias, do PTB, é que alteraram a formação da bancada.

Seduc, já desde o governo Blairo Maggi (PR) - de 2003/2010) teve o Partido dos Trabalhadores no comando, inclusive com o próprio Ságuas que chegou a deixar a pasta para disputar a vaga de deputado federal.

E como o PT também integrou o arco de alianças que ajudou a eleger o governador Silval Barbosa, foi mantido no staff e com o maior orçamento do governo, R$ 1,3 bilhão.

Ságuas Moraes é médico pediatra, foi deputado estadual, prefeito de Juina e recentemente renunciou a presidência estadual do PT justamente para voltar ao comando da Seduc, que terá Rosa Neide como secretária-adjunta.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

jackson de jesus 18/10/2011

Esse camarada que levou a nossa educaçao nesse caos por favor gov investigue esse camarada ministerio publico fica de olho nesse rapaz.

Evandro 18/10/2011

Tá mesmo dificil, Sr Governador o Sr mui respeitado Saguas Moraes, primeiramente anunciou aos quatro ventos que retornaria a Pasta da Educação, o Sr no momento esbravejou, falou que quem manda é o Governador, mas na verdade acredito eu que relamente o Sr esta refem da politicaiada do Estado. Os politicos zonearam zoaram e lotearam todas as pasta, Sr Governador esta na hora da ação e de se fazer saber que quem manda este Estado é o Exmo Governador Silval que deve urgentemente tomar as redeas do estado. O nosso Chefe de Estado não foi eleito pelo povo, não podendo por conseguinte exercer livremente os poderes que lhe são atribuidos pela Constituição (só os exerce a pedido do governo) por falta de legitimidade democrática; e o governo responde politicamente perante o parlamento\"Assembleia\", o que em sentido estrito significa que o parlamento \"Assembelia e Caciques Politicos\" podem forçar a demissão do governo através da aprovação de uma moção de censura ou da rejeição de uma moção de confiança e ai governador quem manda...

2 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros