Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,58
euro R$ 6,09
libra R$ 6,09

Política Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 18:08 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 18h:08 - A | A

DESENVOLVIMENTO

Paulo José aposta no estímulo à construção civil para manter Rondonópolis no topo da geração de emprego

Para o pré-candidato a construção civil tem um grande impacto na economia local, gerando empregos diretos e indiretos

DA REDAÇÃO

Geração de emprego e renda será prioridade no plano de governo do pré-candidato a prefeito de Rondonópolis (212 km de Cuiabá), Paulo José Correia. Para manter o ritmo positivo de contratações, o pré-candidato aposta investir forte no setor da construção civil que hoje é o terceiro setor que mais gera emprego na cidade.

Quem lidera o ranking de contratações em Rondonópolis é o setor de Serviços, em seguida é o Comércio e a Construção Civil, conforme apontam os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Governo Federal, que mostram que ela foi a cidade do interior de Mato Grosso que mais gerou empregos no ano passado.

Apesar da construção civil ter ficado em terceiro em 2023, esse ramo foi o que mais cresceu em relação a 2022, com 11,37%. “Pela experiência que tenho depois de anos a frente da Habitação que é onde passa todos os empreendimentos da cidade, posso afirmar que a construção civil é um setor que sempre vai ter demanda e gerar empregos. Obras de infraestrutura, construções residenciais e comerciais sempre vão ser necessárias e isso é uma grande oportunidade para investimentos”, disse Paulo José.

Para o pré-candidato a construção civil tem um grande impacto na economia local, gerando empregos diretos e indiretos, além de movimentar a indústria de materiais de construção e aumentar o poder de compra da população.

“É muito importante que a gestão municipal incentive esse setor, com políticas públicas que facilitem a abertura de empresas, regularização de obras e incentivos fiscais para investidores. Eu acredito que se investirmos na construção civil em Rondonópolis, podemos manter o ritmo de emprego na cidade e contribuir ainda mais para o desenvolvimento econômico local”, afirmou Paulo José.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros