Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 14h:59

Tamanho do texto A - A+

Medeiros diz que vai denunciar youtuber Felipe Neto por incitação à violência em manifestações

Por: RAYNNA NICOLAS

Em publicação no twitter, o deputado por Mato Grosso, José Medeiros (Podemos), disse que irá denunciar o youtuber Felipe Neto à Procuradoria Geral da República (PGR), por incitar manifestações violentas e infringir a Lei de Segurança Nacional. A publicação é do último domingo (31).

Assessoria

jose medeiros

 

Em sua publicação, o youtuber e influenciador Felipe Neto afirmou que “lugar de fascista é na cadeia” e que “se a polícia se recusa a prender e quem está no poder defende o fascismo, é necessário fazer o que for preciso”.

As tensões entre a militância que sai em defesa do presidente Jair Bolsonaro e a militância denominada pró-democracia se acirrou no último fim de semana, após diversas manifestações governistas que utilizaram símbolos de regimes autoritários, como o nazismo, e demandaram o fechamento de instituições como o Supremo Tribunal Federal.

Em resposta, foram convocados atos em defesa da democracia, com a participação de grupos antifascistas. Em São Paulo, cerca de 500 manifestantes protestaram em favor da democracia. Houve confronto quando o grupo se deparou com militantes bolsonaristas, que carregavam bandeiras da Ucrânica e do partido de extrema direita Parvyi Sektor. 

No twitter, Felipe Neto saiu em defesa das manifestações pró-democracia, enquanto José Medeiros é da ala aliada ao governo. Sobre a afirmação do deputado, o youtuber disse que não daria nenhuma resposta. No entanto, nessa segunda-feira (01), Medeiros citou novamente o influenciador em uma postagem em que Felipe Neto recomendou leituras para os manifestantes pró-democracia.

“Manifestações pacíficas precisam de manual de guerrilha? Isso é incitação à violência”, escreveu Medeiros.

Credito: Reprodução/Twitter
Credito: Reprodução/Twitter
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei