Domingo, 19 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Política Segunda-feira, 15 de Abril de 2024, 17:12 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 15 de Abril de 2024, 17h:12 - A | A

IMPASSE NO APOIO

Márcia Pinheiro diz que Stopa "pediu alguns dias" para refletir sobre pré-candidatura em Cuiabá

Primeira-dama reconhece que indecisão atrapalha na construção de conjecturas dentro da Federação Brasil Esperança

CAMILA RIBEIRO
Da Redação

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), disse que o vice-prefeito, José Roberto Stopa (PV), "pediu alguns dias" para refletir sobre a pré-candidatura à prefeitura. Conforme Márcia, a indecisão interfere negativamente na construção de conjecturas dentro da Federação Brasil Esperança (PV, PT e PCdoB), porém, ela destacou que não cabe ao partido impor um posicionamento, é uma definição que depende inteiramente de Stopa. A partir dessa resposta, a família Pinheiro irá definir qual candidato irá apoiar. 

"Estamos esperando a resposta do Stopa, que pediu mais alguns dias para tomarmos a nossa decisão. De uma certa forma, (prejudica) sim, pois você tem que começar as articulações, mas não pode impor. Essa pessoa tem que querer. Ele é um parceiro da gestão, acho que ele é a melhor pessoa para decidir se quer ou não. Nós, da Federação, queremos, mas precisamos esperar essa decisão", falou a primeira-dama nesta segunda-feira (15). 

Márcia negou a possibilidade de ser projetada a vice em uma eventual chapa com Stopa. Além de ser barrada pela legislação eleitoral devido ao grau de parentesco com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), a primeira-dama explicou que a família passará agora a focar em ações para apoiar o mandato do filho, em Brasília, o deputado federal Emanuelzinho (MDB). 

"Não posso ser candidata a vereadora ou a vice, nada. Sempre fizemos política com ou sem mandato. O Emanuel foi uma pessoa que nunca parou, mesmo sem mandato, sempre ficou na Assembleia Legislativa, foi advogar, ele vai continuar fazendo política. Temos Emanuelzinho cada vez mais atuantes, a gente não vai parar, estamos cada vez mais envolvidos", declarou Márcia Pinheiro.

Caso Stopa não volte atrás ou não seja chancelado como pré-candidato da Federação, a alternativa do grupo é o deputado estadual Lúdio Cabral (PT), que vem ao pleito com o aval da presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann. Márcia reiterou que aguarda Stopa e, sobre Lúdio, foi econômica, soltando apenas um "ainda vou pensar". 

LEIA MAIS: Stopa afirma que Federação anuncia pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá até 20 de maio; veja vídeo

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros