Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Política Segunda-feira, 24 de Junho de 2024, 13:47 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 24 de Junho de 2024, 13h:47 - A | A

DIRETOR DA CONAB

Em meio à polêmica do leilão, ministro pede demissão de ex-assessor de Neri Geller

Thiago Santos deixará Conab após Lula afirmar que houve “falcatrua” em leilão

André Alves
Especial para o HNT

Após o polêmico leilão de arroz, Thiago José dos Santos, diretor executivo de Operações e Abastecimento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), deve ser demitido do cargo, a pedido do ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA), Paulo Teixeira.

O pedido de demissão acontece três dias depois de o presidente Lula confirmar que houve “falcatrua” e será encaminhado por Teixeira ao Conselho de Administração da Conab. A análise do pedido será feita em reunião extraordinária, uma vez que a previsão do próximo encontro do conselho está marcada apenas para o dia 25 de julho.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do ministério, após divulgação pelo portal de notícias UOL. A diretoria de Santos foi encarregada de operacionalizar o edital de leilão realizado no dia 6 de junho e anulado cinco dias depois, no dia 11 de junho. A anulação do leilão culminou com a saída de Neri Geller da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura e Pecuária do Brasil.

Santos foi indicado por Neri Geller (PP) depois de trabalhar com ele entre 2019 e 2023. Ao Hipernotícias, Thiago Santos disse que ficou sabendo da demissão pela imprensa. Mas que, até o momento, segue trabalhando normalmente. “Inclusive, eu estou aqui na Conab, em reunião”, declarou.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros