Política Quarta-feira, 22 de Junho de 2011, 07:00 - A | A

Quarta-feira, 22 de Junho de 2011, 07h:00 - A | A

GATO OFICIAL

Deputados recuam de convite feito a Cônsul da Bolívia em Mato Grosso

Jose Fuentes ainda vai a Assembléia, mas participará de reunião na presidência e não vai mais ao Plenário. Walter e Emanuel entram em rota de colisão

DA REPORTAGEM

Vânia Costa/Assessoria
Walter Rabello e Emanuel Pinheiro com o Cônsul da Bolívia em MT, Fuentes: deputados convidam cônsul e depois voltam atrás, o que expõe divergências entre deputados

O Colégio de Líderes da Assembléia Legislativa barrou, na reunião da tarde desta terça-feira [20], a ida ao plenário do cônsul da Bolívia em Mato Grosso, nesta quarta (22), para dar explicações sobre legislação boliviana que legaliza carros brasileiros que, em tese, são roubados em Mato Grosso e outros estados do país. Depois de muita polêmica entre os deputados, ficou acertado que Fuentes irá a Assembléia, mas em vez de participar da sessão plenária, dará suas explicações numa reunião na presidência da Casa.

Quem provocou a reavaliação do convite foi o deputado Walter Rabello, presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembléia, que, curiosamente, ao lado do colega Emanuel Pinheiro, foi ao consulado ainda nesta terça convidar Jose Luiz Fuentes para participar da sessão ordinária matinal desta quarta-feira.

Rabello propôs o adiamento das explicações em plenário para atender pedido do secretário de Estado de Segurança Pública, Diógenes Curado, que quer fazer uma consulta direta em Brasília, para saber se o Brasil possui algum serviço que presta informações ao governo boliviano dos carros que são roubados no território brasileiro.

“Temos a informação ainda não oficiais de que nem Mato Grosso e nem o governo brasileiro possuem ferramentas que passem às autoridades bolivianas uma lista de carros roubados aqui, e o que o secretário Curado me pediu é que esperássemos a ida dele a Brasília, no próximo dia 30, onde poderá checar se existe ou não esse mecanismo de informação”, declarou Rabello que, após receber pedido de Curado, propôs ao Colégio de Líderes o adiamento das explicações do cônsul.

Entretanto, manteve-se irredutível quanto à data pré-agendada para esta quarta, tal como combinado na visita dele e de Rabello ao consulado.

As duas proposta foram colocadas em votação na reunião interna dos líderes e a de Rabello venceu por 12 votos a 2.

“Não podemos permitir que o cônsul venha aqui e chame a todos nós de incompetentes por não termos esse serviço de informação”, completou Walter Rabello.

Emanuel Pinehiro, que recebeu apoio em plenário na sessão ordinária desta terça-feira do deputado Percival Muniz (PPS), se mostrou frustrado e até pediu intervenção do presidente da Casa, José Riva [PP], que chegou a considerar a derrubada da decisão do Colégio de Líderes em plenário [que é soberano], mas preferiu propor que o cônsul seja convidado a dar tais explicações internamente a todos os deputados e à imprensa no gabinete da presidência, ainda nesta quarta.

“Pela primeira vez em seis meses, eu e o deputado Walter Rabello nos separamos. Não suportamos mais esse silêncio ensurdecedor, a sociedade precisa dessas explicações urgentemente”, insistiu Pinheiro, que preside a Comissão Permanente de Direitos Humanos da Assembléia.

Ao fim da sessão desta terça, Emanuel Pinheiro confirmou que Jose Luiz Fuentes estará presente no gabinete do presidente José Riva, nesta quarta-feira [21], às 11 horas da manhã.

O secretário Diógenes Curado, juntamente com todos os demais secretários, estará discutindo segurança pública de fronteira entre outros fatores nessa área. Curado pretende checar junto ao ministério de relações exteriores sobre a existência ou não, em nível nacional, desse banco de informações sobre veículos roubados no Brasil que seguem para o país vizinho.

Rabello, depois de encerrada a sessão, Rabello obteve informação do secretário Curado de que esse levantamento existe ,mas trata-ser de uma questão de federação e não do Estado, e que o secretário pretende trazer essas informações até dia 30.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros