Domingo, 12 de Julho de 2020, 16h:00

Tamanho do texto A - A+

Rotam desarticula quadrilha e apreende 25 tabletes de maconha

Por: RAYNNA NICOLAS

O Batalhão de Polícia Militar da Rotam apreendeu 25 tabletes de maconha neste sábado (11), após patrulhamento tático pela Avenida Gonçalo Antunes de Barros, no bairro Carumbé, em Cuiabá. Os policiais realizaram uma abordagem a um veículo suspeito, onde se encontravam três homens e uma mulher. Ao ser abordada, a mulher delatou a localização da droga. A mulher e outros dois suspeitos faziam uso de tornozeleira eletrônica; todos tinham passagem por tráfico de entorpecente. 

PMMT

abordagem rotam carumbé

 

Em entrevista, a mulher relatou à policia que estava acompanhando um dos suspeitos que era seu namorado. Ela também confirmou o tráfico de drogas e informou aos policiais que haviam dois "barraos" no bairro Altos da Serra que serviam de depósito e "boca de fumo", ou seja, o lugar utilizado para a comercialização da droga. 

Os policiais foram até o local e no primeiro imóvel encontraram quatro tabletes de maconha e cinco pedaços menores. No segundo barraco, mais seis tabletes. No fundo da propriedade foram encontrados 15 tabletes de maconha que estavam dentro de uma caixa entre a vegetação.

Um dos homens ainda levou os militares até a casa dos seus pais, no bairro Pirineu onde tinha escondido os R$ 657 da venda de droga.

Ao todo, durante a operação foram apreendidos, além dos 25 tabletes, outros cinco pedaços médios da substância, mais de R$800,00 em espécie, duas unidades de rolo filme, uma balança de precisão, cadernos de anotação, um rádio comunicador, dois celularesm tesouras, facas, embalagens e documentos de motos. O veículo abordado, modelo Ford-Ka de cor preta, também foi apreendido pelos policiais. 

A ficha criminal dos suspeitos também era extensa sendo que um dos suspeitos, identificado como suspeito um, de 22 anos, tinha registro por tráfico ilícito de entorpecente, formação de quadrilha, receptação e desacato. O suspeito dois, de 28 anos, também tinha passagem por tráfico, sequestro e cárcere privado, roubo consumado, porte ilegal de arma de fogo e receptação. Já o suspeito três, de 32 anos, tinha passagem por tráfico de drogas e corrupção de menores. 

A mulher que delatou os crimes tinha 21 anos e passagem por tráfico ilícito de entorpecentes. Todos foram conduzidos à delegacia.

Credito: PMMT
Credito: PMMT
Credito: PMMT
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei