Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Polícia Segunda-feira, 17 de Outubro de 2022, 14:53 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 17 de Outubro de 2022, 14h:53 - A | A

VENDA DE VEÍCULO

Polícia prende mais 2 suspeitos de matarem homem pego em emboscada

Primeira prisão foi em 11 de outubro, em Nova Xavantina, quando um dos autores do crime foi localizado pela Polícia Civil e também preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e uso de documento falso

DA REDAÇÃO

Mais dois autores do assassinato de Lucas Vinnícius, de 30 anos, ocorrido no mês de julho, em Rondonópolis, foram presos no fim de semana pela Polícia Civil, em duas cidades do Estado. Com essas detenções, ocorridas nas cidades de Barra do Garças e Primavera do Leste, a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Rondonópolis concluiu as prisões de todos os autores do homicídio que vitimou Lucas Vinnícius Ribeiro da Silva.

Já na última sexta-feira (14), a DHPP de Rondonópolis e o Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional obtiveram informações de que o investigado K.F.D.S, de 22 anos, estava se dirigindo ao município de Primavera do Leste. A Polícia Civil fez contato com a Polícia Rodoviária Federal do município e foi possível realizar a prisão.   

No sábado, os policiais civis envolvidos na investigação apuraram que o outro investigado estava em Barra do Garças. Policiais da Derf do município, com apoio da equipe da Delegacia de Água Boa, realizaram a prisão.

A primeira prisão foi no dia 11 de outubro, em Nova Xavantina, quando um dos autores do crime foi localizado pela Polícia Civil e também preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e por uso de documento falso.

O delegado João Paulo Praisner, da DHPP de Rondonópolis, explica que, com as três prisões dos autores do crime, o inquérito será concluído no prazo de até 30 dias. Ao final das investigações será possível concluir se Lucas foi vítima de homicídio ou roubo seguido de morte.

INVESTIGAÇÕES

Lucas Vinnícius foi morto no dia 25 de julho deste ano, quando foi atingido por diversos tiros de arma de fogo no Loteamento Alta Vista Parque, nas proximidades do Anel Viário, em Rondonópolis.

A vítima decidiu vender seu veículo, modelo Gol, e anunciou pela internet. No dia 25 de julho, três homens foram à casa de Lucas demonstrando interesse em adquirir o veículo. A vítima e os suspeitos saíram para testar o veículo, no entanto, Lucas não retornou para casa e foi localizado morto na tarde do mesmo dia. O corpo apresentava várias lesões nas costas, causadas por disparos de arma de fogo, e o veículo foi localizado no dia seguinte, no mesmo bairro, porém, sem as rodas.

Após várias diligências, a DHPP conseguiu apurar a identidade das três pessoas que estiveram na residência da vítima, demonstrando interesse em comprar o veículo. Os policiais civis levantaram ainda informações de que os três suspeitos abandonaram a casa onde residiam, em Rondonópolis, deixando para trás móveis e objetos pessoais.

Com base nas informações reunidas na investigação, foi encaminhada a representação pela prisão temporária dos três suspeitos, que foi deferida pela Justiça.

LATROCÍNIO

De acordo com o delegado João Paulo Praisner, no início da investigação, a morte de Lucas Vinnícius aparentava se tratar de um homicídio mediante emboscada. No entanto, conforme a apuração foi evoluindo, não se descartou o crime de roubo seguido de morte. 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros