Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Nó De Cachorro Domingo, 04 de Setembro de 2016, 09:48 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 04 de Setembro de 2016, 09h:48 - A | A

Candidatos embolados

Uma análise simples da pesquisa Ibope, contratada pela TV Centro América, mostra que a eleição em Cuiabá está indefinida. Se for avaliar dentro da margem de erro, qualquer um dos três candidtos, procurador Mauro (Psol), Emanuel Pinheiro (PMDB) e Wilson Santos (PSDB), poderia ser eleito.

 

Na verdade, os números revelados não trouxeram novidades para as campanhas dos principais candidatos. Agora, as equipes de marketing não revelam o que será feito para fanhar fôlego diante dos adversários.

 

O fato é que a partir da próxima semana, os programas eleitorais deverão apresentar uma nova roupagem e, claro, em tom mais apelativo. 

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Carlos Nunes 04/09/2016

Pois é, ontem todo mundo em frente à banca de Jornal do Sebastião, comentava a primeira página do Jornal A GAZETA. Estava estampada como manchete uma reportagem sobre a Salgadeira; e os resultados do Ibope, que apontam o procurador Mauro em primeiro lugar na pesquisa, num quadradinho minúsculo ao lado. O comentário era: se outro candidato estivesse em primeiro lugar na pesquisa, aquele que está torrando Milhões de reais na campanha eleitoral, será que o assunto pesquisa do Ibope, não estaria como manchete? E os números bem grandes para o eleitor enxergar de longe? Cadê a imparcialidade?

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros