Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

Justiça Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018, 18:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018, 18h:00 - A | A

BENS APREENDIDOS

TCE determina que Silval e ex-secretários paguem R$ 17 mi ao erário

KHAYO RIBEIRO

O conselheiro Luiz Henrique Lima do Tribunal de Contas (TCE) de Mato Grosso determinou que o ex-governador Silval da Cunha Barbosa, o ex-secretário Edmilson José dos Santos e o ex-secretário adjunto da Receita Pública, Marcel Souza de Cursi, paguem R$ 17,2 milhões ao erário, em restituição ao perdão de uma dívida da extinta Central Elétrica Mato-grossense (Cemat).

 

Alan Cosme/HiperNoticias

silval barbosa

 Ex-governador Silval da Cunha Barbosa

A decisão do TCE, divulgada na segunda-feira (10), veio em resposta à denúncia do Sindicato dos Fiscais de Tributos Estaduais de Mato Grosso (Sintafe), que apontou ilicitudes na gestão de Silva. “Em virtude de concessão de compensação de dívidas à empresa Centrais Elétricas Mato-grossenses S.A. - CEMAT, por meio do Instrumento Particular de Compensação de Direitos e Obrigações nº 01/2012, sem prévia lei autorizativa, contrariando o princípio constitucional da Legalidade”, narra trecho do documento.

 

Além dos R$ 17 milhões, Silval e os ex-secretários serão multados em 10% sobre o valor do dano atualizado. Aos gestores também foi declarado inabilitação para cargos de confiança na Administração Pública durante oito anos.

 

A fim de garantir o cumprimento da determinação, o TCE decidiu pela apreensão dos bens de Silval e dos outros envolvidos no caso.

 

Conforme o documento, a atual gestão do Poder Executivo Estadual tem o prazo de até 60 dias para fazer cumprir a decisão. Os recursos serão recolhidos ao fundo de reaparelhamento e modernização do TCE.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros