Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

Justiça Terça-feira, 19 de Março de 2024, 12:05 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 19 de Março de 2024, 12h:05 - A | A

CRIMINOSOS À SOLTA

Mato Grosso tem 10.536 mandados de prisão e internação pendentes de cumprimento

Em 2023, a Polícia Civil, por meio da Polinter, cumpriu, ao todo, 240 ordens de prisão; força aguarda ingresso de mais uma equipe para contribuir com cumprimentos

RAYNNA NICOLAS
Da Redação

Ao todo, 10.536 mandados de prisão e internação estão pendentes de cumprimento em Mato Grosso. Dados são do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP) atualizados nesta terça-feira (19). A deficiência no cumprimento das ordens judiciais chamou atenção depois que o foragido da polícia Gilberto Rodrigues dos Anjos assassinou quatro de uma mesma família, uma mãe e suas três filhas, em Sorriso (387 km de Cuiabá), no fim de 2023.

LEIA MAIS: Advogado diz que "crueldade empregada supera qualquer coisa já vista" no caso da chacina de Sorriso

Naquele ano, a Polícia Civil, por meio da Polinter, cumpriu, ao todo, 240 ordens de prisão. O número diminuto foi atribuído pela polícia ao contingente reduzido de equipes disponíveis para o trabalho. A unidade, que além do cumprimento dos mandados, atua nos trabalhos de investigação em casos complexos e no cumprimento de cartas precatórias, trabalhou, em 2023, com apenas duas equipes. 

Em 2024, até a segunda-feira, a Polinter havia cumprido 112 mandados de prisão, isto é, uma média de três mandados a cada dois dias, entre foragidos e recapturados. Já neste mês de março, a Polícia Civil trabalha com foco nos mandados relacionados a crimes de violência doméstica, dentro das ações da Operação Nacional Átria.

A expectativa é de que, no decorrer do ano de 2024, o cumprimento das ordens de prisão ganhe celeridade com a chegada de uma terceira equipe à Polinter. 

Procurada pela reportagem sobre eventuais medidas para diminuir a quantidade de mandados de prisão represados, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) não se manifestou.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros