Justiça Terça-feira, 20 de Outubro de 2020, 18:11 - A | A

Terça-feira, 20 de Outubro de 2020, 18h:11 - A | A

DANOS MORAIS

Juíza marca audiência de conciliação para solucionar impasse entre Wilson Santos e Sinpaig

RAYNNA NICOLAS

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) deve participar de uma audiência de conciliação, no próximo dia 19 de novembro, para solucionar o impasse entre ele e o Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo de Mato Grosso (Sinpaig). A audiência foi marcada pela juíza Olinda de Quadros Altomare Castrillon, da 11º Vara Civel de Cuiabá.

ALMT

WILSON SANTOS

 

A entidade moveu a ação judicial contra o deputado, após ele ter, supostamente, chamado os servidores estaduais de "mamadores das tetas do estado" durante reunião sobre o projeto de lei da reforma da previdência.

Wilson negou as acusações, entretanto o Sinpag pediu indenização de R$ 55 mil por danos morais coletivos. 

À época, em junho de 2020, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), saiu em defesa do Wilson e confirmou que o colega parlamentar não tinha ofendido os servidores públicos.

Em vídeo, o presidente da Casa de Leis ressaltou que as informações eram falsas e pejorativas. 

Segundo Wilson, o próprio sindicato não estava presente na reunião. 

A confusão, no entanto, começou por conta de uma discussão entre Wilson e o deputado estadual Paulo Araújo (PP). O tucano defendia o projeto, enquanto Araújo fazia oposição à proposta. 

Ainda em junho, durante sessão na ALMT, Araújo pediu desculpas a Wilson pelo mal ententido. O progressista também deve estar presente na audiência de conciliação, que caminha para o consenso.  

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros