Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Justiça Domingo, 31 de Julho de 2022, 12:37 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 31 de Julho de 2022, 12h:37 - A | A

CASO POLÊMICO

Coronel acusado de furtar placa de ambulância alega problemas emocionais

Audiência foi remarcada para setembro. Testemunhas de acusação e defesa serão ouvidas

RAFAEL COSTA
Da Redação

A juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Ana Cristina Mendes, adiou para o dia 12 de setembro uma audiência de instrução na qual o coronel da Polícia Militar, José Kleber Duarte dos Santos, seria ouvido na ação penal em que é acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de dirigir uma caminhonete Hilux, de sua propriedade, com uma placa fria que seria de uma ambulância do Hospital Militar de Mato.

Atualmente, José Kleber Duarte Santos é o diretor da unidade médica. O Ministério Público sustenta que a placa fria seria colocada no veículo de propriedade particular como uma estratégia para escapar de multas de trânsito e outras penalidades que são isentas às ambulâncias pela legislação.

A defesa do militar pediu o adiamento devido à morte do filho dele, no início de julho e alegou que "uma vez que o mesmo é idoso, com 72 anos de idade e não possui condições emocionais para participar da audiência, tendo em vista que seu filho veio a óbito".

 

Consta nos autos que o coronel José Kleber Duarte Santos foi flagrado no dia 21 de junho de 2018 pelos agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), enquanto fazia uma conversão proibida na avenida Beira Rio.

Após seguir o veículo infrator, os agentes da Semob abordaram o suspeito, que solicitou a conclusão do procedimento no Hospital Militar.

“Ao chegar nas dependências do Hospital Militar, o conduzido solicitou ao funcionário terceirizado que realizasse a troca da placa da caminhonete Hilux para colocar no lugar a placa KAD-8990, a qual seria a placa original do veículo em questão, sendo tal troca de placas, gravada pelo agente, gravada pelo agente de trânsito, conforme consta do termo de depoimento”, diz um dos trechos da denúncia.

Ao ser preso pela infração de trânsito, o coronel José Kleber Duarte Santos enviou um áudio em um grupo de Whatsapp no qual estavam presentes diversos outros integrantes da cúpula da Polícia Militar pedindo ajuda.

No entanto, o apelo não adiantou e o coronel foi preso naquela ocasião e encaminhado ao Batalhão do Bope, onde permaneceu detido.

Se condenado, o coronel José Kleber Duarte Santos estará impossibilitado de disputar as eleições para a direção do Hospital Militar, conforme previsto no artigo 65, parágrafo único do estatuto da entidade.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Gilston 31/07/2022

Coronel acusado de furtar placa de ambulância alega problemas emocionais à Justiça. ESTE É O PROBLEMA DO PACOLE E OUTROS, QUE ANDAM ARMADOS E ACABA ATIRANTANDO NAS COSTA DOS OUTROS. TUDO EM ATO EMOCIONALS SEM PENSARAR. NEM DEVERIA POR ARMA ESTA GENTE EMOCIONADOS.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros