Economia Sexta-feira, 15 de Julho de 2011, 11:09 - A | A

Sexta-feira, 15 de Julho de 2011, 11h:09 - A | A

FRONTEIRA AGRÍCOLA

Paranaenses são os que mais migraram para Mato Grosso

Diagnóstico divulgado nesta sexta pelo IBGE também aponta crescimento na região Centro-Oeste

DA REDAÇÃO

Arquivo

Paranaenses são os que mais migraram para Mato Grosso, com 23.290 (17%) de imigrantes que aqui chegaram em busca de oportunidades, principalmente no campo. Em seguida, vem São Paulo com 12%, e Rondônia com também 12% do fluxo migratório entre regiões brasileiras. O estudo foi divulgado nesta sexta- hoje pelo Instituto Brasileira Geografia e Estatísticas (IBGE).

O IBGE afirma que o fluxo migratório no Brasil está mudando. Enquanto durante décadas o Sudeste foi o principal destino dos imigrantes, atualmente é o Centro-Oeste a região que mais os recebe.

Segundo análise do IBGE, a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios (PNAD) de 2009, o Centro-Oeste é a região que possui o maior saldo migratório do país.

Entre 2004 e 2009, o Centro-Oeste recebeu 418 mil imigrantes, enquanto 281 mil emigraram. Isso gerou um saldo migratório de 137 mil pessoas.

Em Mato Grosso, por exemplo, 17% dos imigrantes vieram do Paraná, 12% de São Paulo e 12% de Rondônia – um possível reflexo dos fluxos gerados durante a expansão da fronteira agrícola, segundo aponta a análise do instituto.

Embora detentora do maior saldo migratório do país, a região Centro-Oeste acompanha a tendência nacional e apresenta uma queda progressiva no número absoluto de imigrantes nos últimos 15 anos. Em 2000, a região recebera 625 mil imigrantes nos cinco anos anteriores. Em 2004 e 2009, o número cai para 534 mil e 418 mil, respectivamente.

Em 2000, era o Sudeste o detentor do maior saldo migratório, mas desde 2004 o Centro-Oeste assumiu a ponta no ranking das regiões com maior retenção de imigrantes.

O IBGE constatou que entre 1995 e 2000 mais de 3,3 milhões de brasileiros mudaram não só de Estado, mas de região. Já no período seguinte (1999-2004), 2,8 milhões de brasileiros participaram desta migração inter-regional. Por fim, no último período analisado (2004-2009), apenas 2 milhões de pessoas trocaram de região. (Com informações do UOL)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros