Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

Cuiabanália Terça-feira, 18 de Outubro de 2022, 11:04 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 18 de Outubro de 2022, 11h:04 - A | A

EVENTO CULTURAL

Atrações da 14º Festival de Siriri de Cuiabá começam nesta sexta-feira (21)

REDAÇÃO

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, realiza entre os dias 21 a 23 de outubro, no Parque de Exposição da Acrimat, no bairro Dom Aquino, a 14ª Edição do Festival de Siriri de Cuiabá. A iniciativa conta cim a parceria da Rede Energisa. As apresentações serão realizadas sempre a partir das 19 horas. A entrada será gratuita, assim como o estacionamento interno do pavilhão de eventos serão gratuitos.

O festival foi retomado pela Prefeitura de Cuiabá por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro. A última edição ocorreu em 2019, no mês de maio. Estima-se que passarão pela Arena do Festival de Siriri cerca de seis mil pessoas. Esse ano, será um evento de exposição dos grupos, como forma de valorização e incentivo. Haverá também praça de alimentação e espaço kids.

“O Festival de Siriri de Cuiabá começou no início dos anos 2000, tornando- se o maior festival popular da cultura cuiabana. Ao longo de sua trajetória foi aperfeiçoando-se para dar maior visibilidade aos grupos participantes, agregando também a gastronomia e o artesanato. Nesta edição, o Festival terá a participação de dez grupos provenientes dos diversos Quintais Cuiabanos. Então, convidamos a todos para que venham prestigiar esse belíssimo e grandioso festival”, convida o secretário.

Nesta edição o festival retoma suas origens, estimulando a participação de 10 grupos provenientes dos diversos Quintais Cuiabanos. Territórios usados para promover oficinas de dança, confecção da viola de cocho, figurinos e coreografia.

Ao todo serão onze grupos, sendo nove de Siriri e um de cururu. Dentre eles estão, os grupos Flor do Campo, Flor Ribeirinha, Flor do Atalaia, Siriri Florescer, Flor Serrana, São Gonçalo Beira Rio, Siriri elétrico; Coração Franciscano, Raízes Cuiabanas, Voa Tuiuiu e o Grupo de Cururu. “Será um espaço para que os grupos tradicionais da cuiabania tenham a oportunidade de apresentar o que há de mais rico e belo da cultura e tradição”, disse o secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite.

Queremos consolidar o Festival de Siriri como o mais importante evento da cultura popular mato-grossense, pontuou Aluízio, bem como a valorização da viola de cocho símbolo ícone de Mato Grosso. “Esse é o primeiro ano pós - pandemia, quando as atividades coletivas foram suspensas, a fim de evitar a aglomeração, retomamos esse grande evento, que representa a verdadeira cultura e tradição cuiabana, o público pode esperar uma festividade com muita dança, comidas típicas, dentre outros”, acrescentou Aluízio.
“O 14º Festival de Siriri representa o fortalecimento da nossa raiz cultural que fomenta e incrementa a cultura e o turismo em nossa capital”, finalizou.

PROGRAMAÇÃO

21/10/2022 - sexta-feira

19:30h - Abertura Oficial

20:00h – Apresentação Cururu

20:20h – Apresentação Siriri Infantil

20:45h – Grupo Siriri Buriti do Cerrado

21:00h – Cuiabá Em Cena – Com Edmilson Maciel e elenco

21:10h - Apresentação Especial Coletiva dos Grupo de Siriri

22/10/2022 – Sábado

19:30h – Grupo Coração Franciscano

20:00h – Grupo Flor do Campo

20:30h – Grupo Raízes Cuiabanas

21:00h – Grupo São Gonçalo Beira Rio

21:30h – Grupo Flor do Atalaia

23/10/2022 – Domingo

19:30h – Grupo Siriri Elétrico

20:00h – Grupo Flor Serrana

20:30h – Grupo Voa Tuiuiu

21:00h – Grupo Flor Ribeirinha

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros