Sexta-Feira, 03 de Julho de 2020, 22h:40

Tamanho do texto A - A+

Igreja nega boatos sobre consultas e distribuição de Kit-Covid no Grande Templo

Por: DA EDITORIA

Midia News

Pastor Sebastião Rodrigues

Resolução suspendendo cultos e outras atividades no Grande Templo foi assinado pelo Pastor Sebastião

 

A direção da igreja Assembleia De Deus de Mato Grosso, responsável pelo Grande Templo, localizado na avenida do CPA, próximo à sede dos Poderes, em Cuiabá, desmentiu boatos que circulam em grupos de whatsapp nesta sexta-feira (3) à noite anunciando que um “um grupo de médicos irá atender voluntariamente pacientes com sintomas da covid” e também que “haverá distribuição gratuita do kit covid 19”.

Segundo a direção da igreja, não há nenhuma programação de qualquer atividade médica para o local neste sábado (4), conforme as mensagens apócrifas (sem autoria conhecida). “Além de não ser permitido, porque não somos instituição de saúde, o Grande Templo não pode receber ninguém porque lá está tudo fechado para reforma”, afirmou o Pastor Silas Paulo de Souza, que é vice-presidente da Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Mato Grosso (COMADEMAT), por meio do Pastor Mariuso Damião Ferreira.

Conforme uma resolução de 25 de junho passado, baixada depois do agravamento da pandemia no Estado, foram “suspensos os cultos bem como todas as reuniões no campo eclesiástico de Cuiabá (o Grande Templo) de 29 de junho a 15 de julho”.

Segundo Mariuso, o desmentido também teve de ser feito ao secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a quem já tinha chegado o boato.

“Tanto o Pastor Silas, que é a maior autoridade eclesiástica no momento da Assembleia de Deus de Mato Grosso, como o nosso diretor do Departamento e Saúde a igreja, Dr. Carlos Coutinho, negaram esse boato. Isso não passa de mais uma fakenews de pessoas descomprometidas que geram mais confusão nesse momento tão doloroso conturbado pelo qual passamos”, afirmou Mariuso, que também é Pastor da igreja.

LUTO NA ASSEMBLEIA DE DEUS

O vice-presidente estadual da Assembleia  de Deus, Pastor Rubens Siro de Souza, 68 anos, faleceu na manhã desta sexta-feira (3) vítima da Covid-19, o coronavírus. Seu pai e maior líder da denominação religiosa, Pastor Sebastião Rodrigues de Souza, também está internado na UTI da Clínica Femina. As famílias de ambos também contraíram a doença e seguem tratamento hospitalar.

 

Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Avalie esta matéria: Gostei +3 | Não gostei - 2