Terça-feira, 28 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,62
libra R$ 5,62

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,62
libra R$ 5,62

Cidades Terça-feira, 22 de Novembro de 2016, 10:18 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 22 de Novembro de 2016, 10h:18 - A | A

INVESTIGAÇÕES

Derf indicia seis por roubo cometido em hotel da Capital

REDAÇÃO

Cinco homens e uma mulher foram indiciados por roubo majorado e associação criminosa, por um assalto praticado em um hotel na região central de Cuiabá. Na investigação conduzida pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), os suspeitos também tiveram a prisão preventiva decretada e cumpridas pelos policiais.

 

Assessoria

Derf

 

Cinco dos acusados: Paulo Almeida Rezende, Elton Peixoto de Moraes, Filipi Mateus Lucas dos Santos, e Ederson Dias Correa, tiveram os mandados cumpridos na Capital, e a mulher, Thais Muller Pondeciano, teve a ordem de prisão cumprida na cidade de Campo Verde, com apoio da Delegacia da Polícia Civil do município.

 

Os mandados de prisão foram decretados nas investigações do roubo ocorrido por volta das 19h, do dia 02 de agosto de 2016. Um hóspede também foi rendido pela quadrilha armada, quando chegava ao hotel e teve o veículo levado pelos bandidos. A vítima contou que foi ameaçada pelos criminosos e, conseguiu reconhecer, por meio de fotografias, o suspeito, Paulo Almeida Resende, como um dos integrantes do bando.

 

Do hotel foram levados três televisores, um aparelho celular e R$ 3 mil. As investigações apontaram que o roubo contou com ajuda do ex-funcionário, Ederson Dias Correa, que repassou informações do funcionamento do hotel aos comparsas, executores da ação criminosa. No dia do assalto, Thais Muller e Tiago Esalti do Espírito Santo chegaram ao hotel, se passando por clientes. Uma vez no estabelecimento ligaram para os demais membros do grupo.

 

Os suspeitos têm antecedentes criminais e são investigados em outros roubos na Delegacia. O suspeito, Ederson Dias Correa, tem pelo menos 50 anos de condenação por crimes cometidos em Cuiabá. O suspeito, Elton Peixoto de Moraes, está envolvido na tentativa de latrocínio praticada contra o major da Polícia Militar, Gabriel Rodrigues Leal, ocorrida no dia 26 de outubro, no bairro Goiabeiras. Já o suspeito, Paulo Almeida Rezende, responde por crimes de homicídio.

 

O inquérito foi conduzido pelo delegado, Guilherme Berto Nascimento Fachinelli, que já concluiu na semana passada as investigações e enviou os autos à Justiça.

 

“Estavam sendo investigados por roubos a residência e comércio na região central de Cuiabá. Eles só roubavam nessa região”, disse o delegado.

 

Cinco dos acusados estão presos preventivamente em unidades prisional da capital. A mulher está presa na unidade prisional feminina de Rondonópolis.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros