Brasil Sábado, 06 de Agosto de 2022, 16:15 - A | A

Sábado, 06 de Agosto de 2022, 16h:15 - A | A

PSD lança senador Irajá como candidato ao governo do Tocantins

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

O PSD lançou na sexta-feira, 5, o senador Irajá como candidato ao governo do Tocantins. A decisão foi tomada de última hora. Na sexta, terminou o prazo para a realização das convenções dos partidos. O parlamentar, que é filho da senadora Kátia Abreu (PP-TO), vai ter o apoio do Avante e do PRTB. Não houve anúncio sobre quem vai concorrer como vice.

Ligado ao agronegócio, Irajá foi deputado federal por dois mandatos e também secretário de Desenvolvimento Agrário e Regularização Fundiária no governo do Tocantins.

Ele vai concorrer ao Palácio Araguaia contra o atual governador do Estado, Wanderlei Barbosa (Republicanos), e outros seis candidatos: Ronaldo Dimas (PL), Paulo Mourão (PT), Luciano de Castro (Democracia Cristã), Karol Chaves (PSOL), Coronel Ricardo (PMB) e Carmen Hannud (PCO).

"Faremos uma eleição limpa, sem ataques aos adversários. Nosso plano de governo não será produzido por marketeiros ou gente de fora. É um plano de governo construído por tocantinenses para os tocantinenses", escreveu Irajá, no Twitter.

Na sexta, Kátia Abreu também oficializou sua candidatura à reeleição no Senado por Tocantins, mas não declarou apoio a nenhum candidato a governador. Nos bastidores, mãe e filho têm discordado sobre a política local.

Em discurso na convenção que oficializou sua candidatura, Irajá citou a mãe, que não compareceu ao ato político. "Ela não está aqui hoje de corpo presente, mas o amor que eu sinto por ela e ela por mim, isso é indivisível. Isso nos une durante toda a nossa vida e, claro, também da política. E, é por isso, que eu tenho a convicção de que ela será senadora da República pela terceira vez", afirmou.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros